Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Djokovic bate recorde de liderança do ranking da ATP

Tenista sérvio superou marca que pertencia a Roger Federer

Thiago Chaguri
Colaborador do Torcedores

Crédito: Getty Images

Novak Djokovic quebrou mais um recorde no mundo do tênis. O atleta de 33 anos ultrapassou nesta semana o suíço Roger Federer, que havia liderado o circuito da ATP por 310 semanas e agora contabiliza, ao todo, 311 semanas no topo do ranking, dividido em cinco oportunidades diferentes.

Atual campeão do Australian Open, onde detém expressivos nove títulos em nove finais disputadas, o sérvio é, ao lado do norte-americano Pete Sampras, o tenista que mais encerrou o ano como número um do mundo. Ambos conseguiram o feito por seis vezes, sendo que Djokovic fechou 2011, 2012, 2014, 2015, 2018 e 2020 no topo, enquanto Sampras liderou de forma consecutiva entre os anos de 1993 a 1998.

Detentor também do recorde em torneios Masters 1.000 com 36 conquistas, o sérvio disse estar focado neste ano em dois objetivos: a inédita medalha de ouro nos Jogos Olímpicos, competição que faturou o bronze em 2008 e alcançar a marca de Roger Federer e Rafael Nadal em número de troféus de Grand Slam. Seus rivais possuem 20, enquanto Djokovic vem logo em sequência com 18 títulos.

Semanas do recorde de liderança

Abaixo, o número de semanas e as datas de permanência das cinco vezes em que esteve no topo do ranking:

1- 53 semanas

04 de julho de 2011 a 08 de julho de 2012

2- 48 semanas

05 de novembro de 2012 a 06 de outubro de 2013

3- 122 semanas

07 de julho de 2014 a 06 de novembro de 2016

4- 52 semanas

05 de novembro  de 2018 a 03 de novembro de 2019

5- 36 semanas

03 de fevereiro de 2020 até o momento

 

LEIA MAIS: 

Hall da Fama do tênis homenageará pioneiras do profissionalismo