Bundesliga anuncia quarentena obrigatória para os clubes e “bolha” contra Covid-19

Medida terá duas fases, sendo que a segunda será de maior restrição com isolamento em “campo de treinamento de quarentena”

Mário André Monteiro
Jornalista com passagens por Portal iG, Fox Sports e Osasco Audax. Atualmente editor do Alemanha FC (http://www.alemanhafc.com.br). No Twitter: @alemao_mario e no Instagram: @marioalemao

A DFL (Liga Alemã de Futebol) anunciou nesta quinta-feira que os clubes do país serão colocados em quarentena obrigatória para as três rodadas finais da Bundesliga – isso vale para os 18 times da primeira divisão e para os 18 da segunda divisão.

Todos os jogadores, comissões técnicas e dirigentes terão de realizar testes de Covid-19 já no próximo dia 3 de maio, data que começa a primeira fase do isolamento na Bundesliga. Todos os envolvidos terão que ficar apenas em casa ou nos locais de treino e jogos.

Özil faz parceria com atriz e modelo dos EUA para tentar comprar tradicional clube do México

Em 12 de maio começa a segunda fase da medida. Todos os 36 clubes da Bundesliga e 2.Bundesliga devem ficar em um “campo de treinamento de quarentena”, após todas as delegações apresentarem um teste PCR com resultados negativos, com no mínimo 24 horas de antecedência.

O campo de treinamento, uma espécie de “bolha”, será obrigatório até ao final da temporada. Com os casos de Covid-19 em um ligeiro aumento na Alemanha, a DFL quer garantir que a temporada termine na data prevista, em 23 de maio.

Caso alguém teste positivo, deverá deixar o local e só retornar quando apresentar um resultado negativo.

Recentemente, o Hertha Berlim sofreu um surto de coronavírus e três de seus jogos na Bundesliga foram adiados. A DFL já remarcou as partidas: contra o Mainz, dia 3 de maio, contra o Freiburg, dia 6 de maio, e diante do Schalke, dia 12 de maio.