Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Supercopa: Galvão Bueno comemora retorno as transmissões: “Vitória de Deus e da ciência”

Última transmissão de Galvão Bueno havia sido a decisão da Supercopa de 2020, entre Flamengo x Athletico

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Reprodução

Galvão Bueno voltou a narrar uma partida depois de 14 meses de isolamento por causa da pandemia da covid-19 neste domingo (11), com a decisão da Supercopa do Brasil entre Flamengo x Palmeiras, os dois campeões nacionais da temporada de 2020. No início da transmissão, realizada nos estúdios da Globo, o narrador celebrou o retorno.

“A emoção toma conta de mim. Mas, vou repetir, não é uma vitória minha. É uma vitória de Deus e da ciência. Viva à vida! Poder estar aqui agora com 47 anos de história (na carreira como locutor) e 14 meses depois de narrar um jogo. E que jogo!”, vibrou Galvão, que completou:

“Vou confessar uma coisa aqui. Estou em uma felicidade, cara, que você não pode imaginar. Voltando a fazer aquilo que amo. Mas, talvez, fosse daqui a duas semanas seria melhor. Se o futebol estivesse melhor encaixado dentro do mundo que sofre tanto. Não faria diferença”.

Galvão foi liberado para retornar aos trabalhos pelo comitê de covid da Globo, que aprovou a volta do narrador de 70 após após ele tomar as duas doses da vacina contra o vírus. O narrador está acompanhado de Caio Ribeiro nos estádios da emissora, enquanto Júnior comenta a partida via vídeo.

Curiosamente, a última partida narrada por Galvão antes da pandemia foi a decisão da Supercopa do Brasil de 2020, quando o Flamengo superou o Athletico Paranaense por 3 a 0.

LEIA MAIS:
Supercopa do Brasil: quais seriam as decisões se o torneio nunca tivesse sido interrompido?

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes