UFC 261: Confira todos os resultados do evento deste fim de semana

Na volta dos fãs às arenas, UFC 261 não decepciona e traz nocautes em todas as disputas por cinturão

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Divulgação/Facebook Oficial UFC

Pela primeira vez em mais de um ano, os fãs puderam assistir a um evento do UFC nos Estados Unidos. Em Jacksonville, o UFC 261 teve três disputas por cinturão e todas elas terminaram com nocautes, para alegria de quem matou as saudades de ver um evento ao vivo.

A luta principal da noite foi entre Kamaru Usman e Jorge Masvidal, pelo título meio-médio. Assim como na primeira luta entre ambos, em 2020, o nigeriano venceu e manteve o cinturão, mas desta vez, decidiu mostrar toda a sua força e  nocauteou o americano no segundo round para levar o cinturão para casa.

O co-main event da noite terminou em pouco mais de um minuto. Rose Namajunas mandou um chute alto indefensável em Weili Zhang e voltou a ter o cinturão dos palhas em mãos em poucos segundos de luta.

O Brasil teve a chance de sair da arena campeão, mas Jéssica Bate-Estaca não conseguiu tomar o cinturão dos moscas das mãos de Valentina Shevchenko. A quirguistanesa dominou a luta inteira, mandando a brasileira para o solo e exercendo seu controle até que uma série de cotoveladas da campeã sem resposta da paranaense forçaram a interrupção da luta.

O card principal também reservou um momento de tensão. Nos primeiros segundos da luta contra Uriah Hall, Chris Weidman quebrou a perna e teve que deixar o octógono de maca. A lesão foi praticamente semelhante a sofrida por Anderson Silva em 2013 em luta contra o próprio Weidman.

Outros dois brasileiros subiram ao octógono do UFC 261. Alex Cowboy sofreu nas mãos de Randy Brown e acabou finalizado por este. Já Ariane Carnelossi bateu Na Liang na primeira luta do evento.

Resultados UFC 261: Usman x Masvidal 2

Card Principal

Kamaru Usman (NGA) venceu Jorge Masvidal (EUA) por nocaute (segundo round, 1:02) – pelo cinturão dos mei0-médios, Usman segue campeão

Rose Namajunas (EUA) venceu Weili Zhang (CHN) por nocaute (primeiro round, 1:18) – pelo cinturão dos palhas, Namajunas é a nova campeã

Valentina Shevchenko (KGZ) venceu Jéssica Bate-Estaca (BRA) por nocaute técnico (segundo round, 3:19) – pelo cinturão dos moscas, Shevchenko segue campeã

Uriah Hall (JAM) venceu Chris Weidman por nocaute técnico (primeiro round, 0:17) – Weidman quebrou a perna

Anthony Smith (EUA) venceu Jimmy Crute (AUS) por nocaute técnico (interrupção médica entre o primeiro e o segundo rounds)

Card preliminar

Randy Brown (JAM) vence Alex Cowboy(BRA) por finalização/mata-leão (primeiro round, 2:50)

Dwight Grant (EUA) venceu Stefan Sekulic (SRB) por decisão dividida dos juízes (duplo 29-28 e 28-29)

Brendan Allen (EUA) venceu Karl Roberson (EUA) por finalização/chave de calcanhar (primeiro round, 4:55)

Pat Sabatini (EUA) venceu Tristan Connelly (CAN) por decisão unânime dos juízes (duplo 29-28 e 30-27)

Danaa Batgerel (MNG) venceu Kevin Natividad (EUA) por nocaute técnico (primeiro round, 0:50)

Rodrigo Vargas (MEX) venceu Zhu Rong (CHN) por decisão unânime dos juízes (triplo 29-28)

Jeff Molina (EUA) venceu Aoriqileng (CHN) por decisão unânime dos juízes (duplo 30-27 e 29-28)

Ariane Carnelossi (BRA) venceu Na Liang (CHN) por nocaute técnico (segundo round, 1:28)