Com Covid, Kroos diz se sentir um pouco fraco, mas avisa: “Estarei pronto para Eurocopa”

Meia do Real Madrid avisou, no entanto, que a febre baixou e que se sente cada vez melhor

Mário André Monteiro
Jornalista com passagens por Portal iG, Fox Sports e Osasco Audax. Atualmente editor do Alemanha FC (http://www.alemanhafc.com.br). No Twitter: @alemao_mario e no Instagram: @marioalemao

Crédito: DFB

Mesmo diagnosticado com Covid-19, o meio-campista Toni Kroos, de 31 anos, apareceu na lista de convocados da seleção alemã que disputará a Eurocopa a partir do mês que vem.

Em um podcast que tem com o irmão, o jogador do Real Madrid falou das suas condições de saúde. “Em termos gerais, me sinto fraco. É algo que não recomendo a ninguém, não é muito agradável”, disse Kroos.

“Atualmente estou um pouco melhor, a febre baixou um pouco. Apesar de todos os cuidados, um empregado de casa ficou infectado, assim como minha mulher (Jessica)”, seguiu o meia.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Kroos, no entanto, avisou que estará pronto para defender a Mannschaft na Euro 2020. “Se os prazos continuarem a ser cumpridos, poderei integrar a seleção normalmente. Se for preciso chegar dois ou três dias mais tarde, assim seja. Mas posso tranquilizar as pessoas: chegarei bem e estarei pronto para Euro”.

A estreia da Alemanha na competição será no dia 15 de junho, contra a França. Depois o desafio é diante de Portugal, dia 19, fechando a fase de grupos na partida contra Hungria, dia 23. Todos os jogos serão na Allianz Arena, em Munique.

Antes da Euro, o time comandado por Joachim Löw faz amistosos contra Dinamarca (2 de junho) e Letônia (7 de junho). A delegação vai se preparar entre os dias 28 de maio e 6 de junho na cidade austríaca de Seefeld in Tirol.