Mercado da bola: negociando com Corinthians, saiba quanto Renato Gaúcho pede em salário

Treinador recebia um grande salário no Grêmio e agora negocia com Corinthians

Rogério Araujo
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Lucas Uebel/Grêmio

Renato Gaúcho abriu oficialmente negociações com o Corinthians para se tornar o novo treinador do time após a demissão de Vagner Mancini, ocorrida no fim de semana passado.

Quanto Renato Gaúcho pede em salário?

Renato Gaúcho recebia cerca de quase R$ 1 milhão por mês no Grêmio, onde ficou por vários anos e ganhou muitos títulos importantes. Agora, segundo o site Lance, a pedida salarial do treinador está entre R$ 600 e 700 mil. Considerado muito caro para os padrões do Timão no momento. O site destaca que não significa que esse foi o valor colocado na mesa da diretoria do Corinthians. Mas foi a quantia pedida em negociações com outros clubes, como o Santos, por exemplo.

A questão financeira é o principal impedimento de um acerto entre as partes. Segundo o blog do jornalista PVC, do site GE, o salário oferecido pelo time paulista ao técnico é “em torno de 40% menor do que o Grêmio pagava e perto da metade do que o Atlético-MG ofereceu no final da temporada 2020”.

Quem chega e quem sai dos clubes?

 

Outro fator que afasta o treinador de um acerto com o clube é o desejo da sua família. Segundo o jornalista, a filha de Renato, Carol Portaluppi, e sua esposa são contra a volta dele ao futebol neste momento.

LEIA MAIS: