Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Abel Ferreira diz que “o Palmeiras é de todos” após comentário preconceituoso de atacante

Técnico do time masculino do Palmeiras publicou mensagem um dia depois de atacante Chú Santos, do feminino alviverde, ser criticada pela torcida

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.Twitter: @rafaelbrayan_

Crédito: Cesar Greco/Ag.Palmeiras/Divulgação.

A torcida do Palmeiras cobrou uma manifestação da diretoria do futebol feminino após a atacante Chú Santos ser preconceituosa em comentário nas redes sociais no último domingo (9). A estrela alviverde disse que o ator Paulo Gustavo “foi para o inferno” por ser homossexual e umbandista.

Palmeiras não tem 100% dos direitos de 18 jogadores; veja divisões

No dia seguinte à confusão, o técnico Abel Ferreira ressaltou que o clube “é para todos” e publicou vídeo de campanha do Verdão. “Família cuida e protege, chora e ri, e está sempre lá. O Palmeiras é de todos! Avanti Palestra”, escreveu o treinador do time masculino do Palmeiras em sua conta no Instagram.

Horas depois do comentário repercutir nas redes sociais, o perfil do Palmeiras Feminino afirmou que terá medidas internas contra a atacante. Na noite do domingo, Chú esteve em campo no dérbi contra o Corinthians pelo Brasileirão, que acabou empatado em 1 a 1.

“A atleta Chú se manifestou de maneira equivocada em sua rede social, reconheceu o erro e prontamente se desculpou. O assunto foi tratado internamente e a atleta foi orientada para adequação de seu comportamento”, comunicou o clube.

Veja a publicação de Abel Ferreira: