Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Do PSG ao Brasil? Neymar irá encerrar novo contrato com a mesma faixa etária que Ronaldo, Ronaldinho e Kaká quando foram repatriados

Cláusula no novo contrato de Neymar com o Paris Saint-Germain pode fazer o atacante permanecer no clube até 2026, quando já terá 34 anos

Danielle Barbosa
Colaboradora do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/PSG

O Neymar renovou contrato com o Paris Saint-Germain até 2025 após muitas polêmicas, rumores e uma tentativa frustrada de deixar a equipe na última temporada para retornar ao Barcelona, justamente clube de onde saiu antes de se transferir para a França por 222 milhões de euros – valor que o transformou em jogador mais caro da história do futebol. Se cumprir o novo vínculo, o camisa 10 terá 33 anos ao final do acordo. Curiosamente, a mesma faixa etária de outros astros repatriados.

+ Qual o salário de Neymar após a renovação com o PSG?

Primeiro grande astro brasileiro que fez história na Europa a ser repatriado foi o atacante Ronaldo Fenômeno, anunciado como reforço do Corinthians para 2009, ano em que completou 33 anos, após passagens por Milan, Real Madrid, Inter de Milão e Barcelona. O atacante já era duas vezes campeão da Copa do Mundo e três vezes eleito melhor jogador do mundo. Pelo Timão, o Fenômeno conquistou o Campeonato Paulista e a Copa do Brasil em 2009.

Depois de Ronaldo, o Corinthians ainda buscou o lateral-esquerdo Roberto Carlos, companheiro de Ronaldo no Real Madrid e na seleção brasileira – o jogador fez 37 anos na temporada em que voltou ao Brasil.

Em 2011, o Flamengo abalou o futebol nacional ao anunciar a contratação de Ronaldinho Gaúcho, campeão da Copa em 2002 e duas vezes eleito Melhor do Mundo da Fifa. Quando voltou ao Brasil, após passagens por PSG, Barcelona e Milan, o ‘bruxo’ tinha 31 anos. Com a camisa rubro-negra, conquistou apenas o Campeonato Carioca, mas pelo Atlético-MG foi peça fundamental nas conquistas do Campeonato Mineiro e da Libertadores em 2013 – e ainda conquistou a Recopa na temporada seguinte.

Campeão do mundo em 2002 e melhor jogador do mundo em 2007 – última vez que o Brasil esteve no topo da premiação – Kaká foi repatriado pelo São Paulo em 2014 para jogar alguns meses no futebol brasileiro antes de vestir a camisa do Orlando City, nos Estados Unidos. Naquele ano, o meio-campista com passagens por Milan e Real Madrid tinha 32 anos. Pelo Tricolor, foi vice-campeão do Campeonato Brasileiro.

O atacante Robinho foi repatriado pelo Santos pela primeira vez em 2010, aos 26 anos, para atuar justamente com o Neymar, que ainda iniciava a carreira no profissional. Em 2014, já com 30 anos, voltou novamente a vestir a camisa do Peixe, e em 2016, aos 32 anos, voltou ao país para defender o Atlético-MG.

Entre nomes mais recentes, o Flamengo repatriou o meio-campista Diego Ribas, o goleiro Diego Alves e o lateral-esquerdo Filipe Luís nos últimos anos também na mesma faixa etária ‘ideal’: o primeiro foi com 31 anos, o segundo com 32 e o último com 34. Em 2017, o Palmeiras promoveu o retorno do volante Felipe Melo ao Brasil quando o jogador iria completar 34 anos. Todas essas últimas estrelas repatriadas já conquistaram estadual, Campeonato Brasileiro e Libertadores pelos seus clubes jogando em alto nível.

VOLTA PARA O SANTOS?

Depois de se afastar do Santos por causa de problemas com dirigentes do clube no passado, o atacante voltou a demonstrar seu carinho pelo Peixe e já manifestou o desejo de voltar ao time da Vila Belmiro futuramente. O jogador, porém, também já afirmou que gostaria de atuar pelo Flamengo.

Em uma entrevista veiculada ao Fox Sports em 2019, Neymar falou sobre o clube rubro-negro. “Eu sempre falei do Flamengo, né? Eu não sei, acho que foi pela torcida, pelo clube. Tenho uma certa vontade de sentir como é ser jogador do Flamengo, jogar no Maracanã e tudo mais”, disse o jogador, que tabém prometeu voltar a vestir a camisa do Santos:

“Tenho um amor pelo Santos que é inexplicável. Com certeza, quando voltar ao Brasil, passarei pelo Santos novamente”, completou o camisa 10 do PSG.

LEIA MAIS:
Ex-São Paulo, Juanfran diz que Neymar é “insuportável” em campo: “Ele era de provocar com e sem a bola”

Siga o Torcedores no Facebook para acompanhar as melhores notícias de futebol, games e outros esportes