Bo Horvat, dos Canucks, lamenta ataque terrorista na sua cidade natal

Jogador do Vancouver Canucks, Bo Horvat, lamentou publicamente um ataque anti-islâmico mortal a sua cidade natal em London, Canadá

Marcelo Rodrigues
Colaborador do Torcedores

Horvat se refere ao último dia 06/09, um ataque terrorista (já confirmado pelo primeiro ministro do país, Justin Trudeau) em London, Canadá, onde um homem dirigindo um caminhão invadiu uma calçada e atropelou quatro pessoas de uma mesma família; todos mulçumanos.

“Devemos exigir o melhor de nós mesmos em nossas interações em casa e em nossas comunidades”, escreveu o jogador dos Canucks em uma postagem compartilhada nas redes sociais. “Mudança de política, aceitação e gentileza nos ajudarão a consertar isso. Comprometo-me a trabalhar por um mundo onde celebramos nossas diferenças e o que nos torna únicos.

Bo Horvat completou dizendo;  “Às vítimas e suas famílias e amigos, estamos pensando em vocês e enviando nosso amor.”
Após o atropelamento, uma criança (menino) de nove anos sobreviveu e foi hospitalizada com ferimentos graves. A polícia de London terminou a perícia e divulgou que o ataque foi pela família ser seguidora da fé islâmica.
Nazem Kadri, jogador do Colorado Avalanche, também é natural de London, mas mulçumano de pai e mãe libaneses, expressou sua angustia e assim como Bo, prometeu continuar a luta contra o racismo.
“É de partir o coração ver minha comunidade de London ser aterrorizada por um ato tão covarde e sem sentido”, escreveu Kadri em sua mídia social. “Vamos continuar combatendo o racismo juntos. Meus pensamentos e orações estão com as vítimas e suas famílias. Que o amor seja sempre mais forte do que o ódio.”