Torcedores – Notícias Esportivas

Camacho treina no Santos e tem chance de enfrentar o Fluminense

Pedido do técnico Fernando Diniz, meio-campista realizou seu primeiro treino no CT Rei Pelé no início desta semana. Ainda ser sem anunciado oficialmente pelo Peixe, Camacho deve ser relacionado para enfrentar o Fluminense, nesta quinta-feira (17), às 19h.

Pedro Moraes
Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: Ivan Storti / Santos FC

Perto de ser oficializado como novo reforço do Santos, o volante Camacho começou sua estadia no Peixe na última segunda-feira (14). Junto aos demais atletas, o jogador, de 31 anos, participou do treinamento no CT Rei Pelé.

Como atuou normalmente no Corinthians na atual temporada, há a chance do atleta estrear na 4ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro. Na ocasião, o Santos duela com o Fluminense, nesta quinta-feira (17), às 19h, no estádio Maracanã.

Em contrapartida, além do anúncio oficial, a contratação de Camacho precisa ser regularizada no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Trabalhos de Camacho com técnico Fernando Diniz

Com bagagem no futebol brasileiro, Camacho já vestiu a camisa de equipes como Flamengo, Bahia, Audax-SP e Athletico Paranaense. O último clube do volante foi o Corinthians, no qual realizou 96 jogos e marcou dois gols. Do mesmo modo, ele trabalhou junto com Fernando Diniz em três agremiações: Audax-SP, Athletico-PR e Guaratinguetá.

Dessa forma, visando preencher a lacuna no meio-de-campo, o treinador santista solicitou a contratação de Camacho à diretoria do Peixe. Nesse sentido, o jogador é visto como potencial por se enquadrar no estilo de jogo de Diniz. Nele, se destaca, sobretudo, posse de bola intensificada e saída de jogo com passe qualificado.

Por fim, outro fator positivo do atleta é a versatilidade em atuar em duas posições: primeiro e segundo volante. Atualmente, o Santos possui Alison e Jean Mota nessas posições.

LEIA MAIS:

Mano Brown se revolta com possível reforço do Santos: ‘Tá tirando’

Mercado da Bola: Perto de Camacho, Santos ainda deve ter mais reforços