Com dores no tornozelo, Mitchell diz não conseguir dar o seu melhor

Após o Utah Jazz perder dentro de casa o jogo 5 para o Los Angeles Clippers, a atuação abaixo de Donavan Mitchell ganhou destaque

Marcelo Rodrigues
Colaborador do Torcedores

Em derrota por 119-111 para os Clippers, o All-Star dos Jazz teve uma partida com 21 pontos marcados, 5 assistências e 5 rebotes. Mitchell vinha com média na série acima de 34 pontos por partida. Mas um dia após Utha perder sua terceira partida seguida para Los Angeles após iniciar com um 2-0, o armador veio a público dizer que uma dor no seu tornozelo o incomoda.

“É algo com que terei que lidar”, disse Mitchell após o jogo, de acordo com Tim McMahon da ESPN Americana. “Quero dizer, é f —— uma merda. Não tenho mais nada a dizer. Tipo, é difícil quando você está tentando coisas diferentes que você normalmente faz e vê pontos que pode alcançar, mas você não pode, então você tem que encontrar uma maneira de fazer acontecer.”

Mitchell já vem com um problema no mesmo tornozelo desde 16 de abril em partida contra o Indiana Pacers e, consequentemente, ele teve perda de 16 partidas da temporada regular dos Jazz, inclusive na abertura da pós-temporada. No jogo 3 da mesma série ele minimizou sua lesão, mas após a derrota do jogo 5 ele falou mais abertamente.

“Durante a maior parte da minha vida, fui capaz de empurrar, explodir e pular através de pessoas ou sobre pessoas e, pela primeira vez na minha carreira, tive que jogar no chão”, disse Mitchell. “Saber quando atacar, escolher meus lugares, encontrar meus companheiros de equipe, acho que isso é o mais importante, ser capaz de sair, acertá-los quando eles estão me dobrando e iniciar a blitz.”

Com uma vantagem de 3-2, o Los Angeles Clippers pode fechar a série contra o Utha Jazz já no jogo 6 dentro do Staples Center. A partida acontece neste sábado (18/06), às 23h00 (horário de Brasília).