Ketleyn Quadros confirma vaga às Olimpíadas após 5º lugar em Mundial

Judoca tentará em Tóquio sua segunda medalha olímpica

Ruan Nascimento
Colaborador do Torcedores

Crédito: (Divulgação/Federação Internacional de Judô)

A judoca brasileira Ketleyn Quadros conquistou sua classificação aos Jogos Olímpicos de Tóquio na categoria até 63 kg. Ela garantiu o quinto lugar no Campeonato Mundial de Judô, realizado em Budapeste, na Hungria, nesta quarta-feira, 9 de junho. Na Olimpíada, ela tentará sua segunda medalha olímpica, após a conquista da medalha de bronze em Pequim, em 2008.

Com a quinta colocação, Ketleyn garante também se confirma como uma das oito cabeças de chave em sua categoria nos Jogos Olímpicos, o que evita que ela enfrente as adversárias favoritas para a medalha nas primeiras fases da competição. 

Em Budapeste, todas as lutas da brasileira foram nesta quarta-feira. Nas primeiras fases, Ketleyn venceu Laura Fazliu, do Kosovo, e Alisha Galles, dos Estados Unidos. Nas quartas de final, a brasileira foi derrotada por um ippon, para a atleta Andreja Leski, da Eslováquia. Mesmo fora da disputa à medalha de ouro, Ketleyn seguiu na luta pela medalha de bronze, e venceu a húngara Szofi Ozbas. E no último duelo, a brasileira perdeu para a holandesa Sanne Vermeer, levando um ippon a um minuto do final. Ketleyn ficou fora do pódio, mas com o quinto lugar, confirmou sua vaga na Olimpíada de Tóquio.

Primeira judoca medalhista pelo Brasil

Ketleyn Quadros foi a primeira brasileira a ser medalhista olímpica de forma individual, quando conquistou o bronze em 2008. Em Campeonatos Mundiais de Judô, o quinto lugar em Budapeste foi seu melhor resultado na carreira. A melhor participação neste torneio, até hoje, era o sétimo lugar em 2017, também na capital da Hungria.