Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Skate nas Olimpíadas: Confira o dia e horário da estreia de Rayssa Leal

Estrela mirim da delegação brasileira em Tóquio, a skatista de 13 anos compete neste domingo junto com Letícia Bufoni e Pâmela Rosa

Marjoriê Cristine
Colaborador do Torcedores

Crédito: CBSk / Julio Detefon

A skatista Rayssa Leal tem apenas 13 anos, mas se tornou uma das esperanças de medalha para o Time Brasil nas Olimpíadas. Conhecida como Fadinha, a atleta estreia no skate neste domingo (25), a partir das 21h (horário de Brasília) na categoria Street. A adolescente compete junto com outras duas brasileiras, Letícia Bufoni, de 28, e Pâmela Rosa, de 22. O trio têm chance de dominar os três lugares do pódio em Tóquio 2020.

O Sportv mostra as provas classificatórias de Skate Street feminino das 21h00 às 23h40. A Globo e o Sportv 2 mostram as provas da final Skate do Street feminino a partir das 23h40.

Skate Park x Skate Street: Entenda a diferença das categorias

Do Maranhão ao Japão

Rayssa Leal é um dos fenômenos do skate brasileiro. Nascida em Imperatriz, no Maranhão, a adolescente é a atleta mais jovem do Brasil a representar o país nas Olimpíadas de Tóquio 2020. Conhecida como a ‘Fadinha do Skate’, a skatista despontou no esporte antes dos 7 anos. Mas foi quando completou 11 anos que ela pode participar do Mundial de Skate Street, em Los Angeles, nos Estados Unidos. No evento, ela foi vice-campeã ao perder o título para também brasileira Pâmela Rosa.

Em junho deste ano, Rayssa conquistou a medalha de bronze no Mundial de Skate Street, em Roma, na Itália. Foi nessa competição que a atleta garantiu a sua vaga para Tóquio 2020, na estreia do skate nas Olimpíadas.

Desde que chegou à Vila Olímpica, a adolescente tem compartilhado o seu dia a dia nas redes sociais. Na sua última postagem no Instagram, ela fez uma homenagem ao atleta Tony Hawk. Há seis anos, o inglês compartilhou o vídeo de Rayssa vestida de fadinha e andando de skate. As imagens viralizaram o mundo todo.

Há 6 anos ele me apresentava pro mundo do skate compartilhando meu vídeo vestida de fadinha, hoje me filmou nas olimpíadas. Isso tudo é muito incrível, estou vivendo um sonho”, escreveu a skatista maranhense.

Skate Street

O Skate Street tem elementos utilizados nas ruas em seu método mais tradicional. A pista simulará obstáculos encontrados em ruas, como por exemplo, corrimões, rampas, degraus e muretas. Cada um dos 40 skatistas fará duas voltas de 45 segundos mais cinco manobras.

No total, sete jurados distribuem notas ara cada atleta, mas apenas quatro servirão para determinar a classificação para decisão. Na final olímpica, somente os oitos melhores skatistas disputarão o pódio por medalhas.

LEIA MAIS:

Olimpíadas de Tóquio: quem são os representantes do Brasil no skate?

Olimpíadas: Kelvin Hoefler, do Skate, garante primeira medalha do Brasil em Tóquio