Em vídeos, Caboclo acusa ‘chantagem’ de Del Nero e dispara contra ex-aliado

Presidente afastado da CBF divulgou vídeos no qual faz acusações a ex-mandatário da entidade

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Lucas Figueiredo/CBF

Rogério Caboclo segue disparando fogo para tentar se defender da investigação de assédio contra uma funcionária da CBF. O presidente afastado da entidade decidiu divulgar vídeos no qual diz ser alvo de ‘chantagem’ do ex-presidente da confederação e antigo aliado, Marco Polo Del Nero.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

O portal Metrópoles, através do jornalista Guilherme Amado, divulgou as gravações atribuídas ao presidente afastado da CBF. Foram quatro vídeos nos quais o dirigente faz diversas acusações ao ex-aliado, como dizer ser alvo de ‘chantagem e espionagem’, além de reafirmar que Del Nero estaria usando a investigação para tentar um ‘golpe’ para voltar ao poder na entidade com seu afastamento.

Num dos vídeos, o dirigente afirma que, em abril de 2021, foi informado da existência de uma ‘gravação clandestina’ através de um ‘alto dirigente da Confederação Brasileira’. No caso, sem afirmar o responsável, teve exigido que pagasse R$ 12 milhões para que a tal gravação não fosse divulgada, mas pela recusa, esta teria sido enviada à órgãos de imprensa. O presidente afastado alega em outro dos vídeos que Del Nero estaria por trás da instalação de um esquema de escutas ilegais dentro da entidade, este descoberto em 2018.

Os outros dois vídeos são com Caboclo tratando de exaltar feitos de sua gestão, como investimentos em futebol feminino, inclusive citando declarações feitas pela jogadora Formiga. Os vídeos foram publicados na esteira de novas polêmicas recentes relacionadas ao dirigente, como o pedido da defesa deste em anular a suspensão imposta pela Comissão de Ética da CBF por causa da investigação de assédio.

Del Nero responde Caboclo: “Mal agradecido e desditoso”

Ao GE, Marco Polo Del Nero rebateu as acusações feitas por Caboclo nos vídeos. O ex-dirigente disparou contra o ex-aliado citando inclusive possibilidades de mais vítimas de acusações de assédio se pronunciarem contra o dirigente.

“Minha resposta aos ataques do mal-agradecido e desditoso Rogério Caboclo à minha pessoa é a mesma pergunta que ele mesmo se faz nas cenas de assédio para suas vítimas: eu sou horroroso? Os vídeos, os assédios, agora já em número maior, porque já são duas vítimas e outras que virão, são uma resposta dele à pergunta que ele mesmo fez: sou horroroso? Sou um monstro, mentiroso ou apenas um tarado?”, disse o ex-presidente da CBF,  suspenso do futebol por denúncias de corrupção.