Equipes históricas que estiveram perto de desaparecer

Vamos relembrar algumas equipes históricas que chegaram bem perto de desaparecer. Seja por grandes conquistas ou grandes craques essas equipes marcaram a história do seu país e algumas do mundo

João Gabriel
Colaborador do Torcedores.com.

Crédito: Divulgação/Pixabay

Muitos clubes deixam de existir com o passar dos anos, e sua extinção pode acontecer por diversos fatores. Desde crise financeira, escândalos até mesmo abandono por parte dos dirigentes, esses são apenas alguns dos motivos que pode levar a falência de uma equipe.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!

As equipes aqui citadas tem um pouco de tudo, desde clubes tradicionais do Brasil e do Mundo. Algumas ainda ensaiam um retorno enquanto para outras apenas suas glorias ficaram apenas no passado. Por isso, nós do torcedores vamos relembrar equipes históricas que desapareceram ou estiveram perto.

São Cristóvão

Alguns podem não entender, mas o São Cristóvão foi simplesmente responsável por revelar Ronaldo Fenômeno. Além de ter revelado também Leônidas da Silva o “Diamante Negro. O Clube também foi Campeão Carioca de 1926.

Apesar das suas glorias do passado o Clube desde os anos 80 não conseguiu ter mais o mesmo destaque. Com o passar dos anos o clube foi acumulando dívidas e em 2021 pediu licença na FEERJ e não irá disputar a temporada 2021.

Portuguesa

A Portuguesa é com certeza uma equipe histórica do Futebol Brasileiro que por pouco não encerrou suas atividades. A lusa conta com diversas participações na elite do futebol brasileiro sendo vice-campeão em 1996 e quarto lugar em 1998. Além de ter conquistado três vezes o Campeonato Paulista (1935, 1936 e 1973); E duas vezes o torneio Rio-São Paulo (1952 e 1955). Além de contar com vários craques como Leandro Amaral, Julinho Botelho, Felix.

Entretanto mesmo com seu passado de glórias em 2002, ela viria a sofrer com seu primeiro rebaixamento. Após seu primeiro Rebaixamento ela viria a sofrer com uma série de idas e vindas para a série A e até mesmo na Elite do Campeonato Paulista.

Entretanto após 2013 quando foi rebaixada pela última vez a Portuguesa passou por uma série de rebaixamentos. Em 2017 uma série de problemas políticos mais dívidas acumuladas fizeram com que a Portuguesa chegasse a ficar sem divisão e ameaçasse se licenciar. Entretanto, atualmente ela está em um processo de renegociação de dívidas.

New York Cosmos

O folclórico time de Pelé que foi responsável por tentar levar o Futebol para os Estados Unidos, hoje não atua como uma equipe profissional. Nos anos 70 o clube contou com craques com Pelé, Carlos Alberto Torres, Franz Beckenbauer, Johan Cruijff. Entretanto nos anos 80 o Clube fechou suas portas voltando apenas em 2010.

Com o fim da NASL que seria o Campeonato Americano de futebol, o Cosmos teve uma queda de público ao tentar migrar para o Indoor (no Brasil Showbol). Com isso o Clube teve de encerrar suas atividades em 1985, somente voltando em 2010, continua ativo até hoje mas sua situação é bastante instável.

Sunderland

O Sunderland é com certeza o maior clube desta lista sendo uma das equipes históricas do futebol inglês na primeira metade do século XX. Eles possuem nada mais que seis títulos do Campeonato inglês. Entretanto a má administração ao longo dos anos fez com que o Clube fosse caindo de divisão, até está na situação em que se encontra hoje em dia.

A má administração e investimentos errados, fez com que clube fosse decaindo com o passar dos anos. É possível acompanhar um pouco desta história no documentário “Sunderland até morrer” da Netflix.

Menção Honrosa a grandes seleções

Com o passar dos anos algumas seleções deixaram de existir, assim vamos relembrar da conquista de algumas delas:

  1. Tchecoslováquia: Hoje em dia ela representa o território da República Tcheca e da Eslováquia. Em sua história conquistou uma Eurocopa em 1976; uma medalha de ouro nas olimpíadas de 1980 e prata em 1964. Além de ter sido vice-campeã em 1934 e 1962.
  2. Iugoslávia: Hoje em dia ela é representada por Bósnia, Croácia, Eslovénia, Macedônia, Montenegro, Kosovo, Sérvia. Durante sua existência conquistou Medalha de Ouro nas olimpíadas de 1960; medalha de prata (1948, 1952, 1956); medalha de bronze (1984). Terceiro lugar na Copa do Mundo de 1930. Vice-campeã na Eurocopa de 1960 e 1968.
  3. União Soviética: O bloco soviético após ser dissolvido deu origem a 15 nações. Durante sua história conquistou duas vezes ouro olímpico em 1956 e 1988; Bronze em (1972, 1976, 1980); também conquistou uma Eurocopa em 1960 sendo vice em (1964, 1972, 1988).