Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

No Flamengo, Renato tenta manter bom retrospecto em mata-matas contra argentinos

Técnico perdeu apenas uma disputa eliminatória contra clubes da Argentina pela Libertadores

Franklin Berwig
Colaborador do Torcedores

Crédito: Lucas Uebel / Grêmio FBPA / Arquivo / Divulgação

Único brasileiro campeão da Libertadores como jogador e como técnico, Renato Gaúcho irá estrear pelo Flamengo justamente nesta competição. O primeiro jogo será na quarta-feira (14/07), contra o Defensa y Justicia, na Argentina, pelas oitavas de final.

Renato tem ótimo retrospecto em mata-matas de Libertadores. Dos 20 que disputou, como técnico, por Fluminense e Grêmio, levou a melhor em 14: são 70% de aproveitamento. Em sete edições, incluindo a atual – participou da Pré pelo Grêmio -, ele possui um título, um vice, duas eliminações nas semifinais e uma nas quartas. O treinador disputou seis vezes as oitavas de final e teve apenas uma eliminação, com o time gaúcho, contra a Universidad Católica, em 2011.

Contra argentinos, são seis mata-matas de Libertadores e apenas uma eliminação: aproveitamento de 83%. A derrota foi com o Grêmio, diante do River Plate, na semi de 2017. Renato superou o Boca, com o Fluminense, na semi de 2008, e, com o Grêmio, eliminou Godoy Cruz (oitavas 2017), Lanús (final 2017), Estudiantes (oitavas 2018) e Atlético Tucumán (quartas 2018). O treinador ainda conquistou, com o clube gaúcho, o título da Recopa 2018 diante de um argentino, o Independiente.

DESAFIO NO EXTERIOR

Começar um mata-mata de Libertadores fora de casa não costuma ser um grande problema para o treinador. Ele iniciou 13 deles jogando como visitante. Nestas partidas, obteve seis vitórias, três empates e quatro derrotas, ou seja, perdeu menos de 1 terço dos jogos de mata-mata da competição iniciados fora do Brasil.

A seguir, os adversários do técnico Renato Gaúcho em mata-matas de Libertadores. Com asterisco, os duelos nos quais o primeiro jogo foi fora de casa.

Fluminense 2008
– Atl. Nacional / Oitavas (classificado)*
São Paulo / Quartas (classificado)*
– Boca Juniors / Semi (classificado)*
– LDU / Final (vice)*

Grêmio 2011
– Liverpool-URU / Pré (classificado)*
– Univ. Católica / Oitavas (eliminado)

Grêmio 2017
– Godoy Cruz / Oitavas (classificado)*
Botafogo / Quartas (classificado)*
– Barcelona-EQU / Semis (classificado)*
– Lanús / Final (campeão)

Grêmio 2018
– Estudiantes / Oitavas (classificado)*
– Atl. Tucumán / Quartas (classificado)*
– River Plate / Semi (eliminado)*

Grêmio 2019
– Libertad / Oitavas (classificado)
Palmeiras / Quartas (classificado)
Flamengo / Semi (eliminado)

Grêmio 2020
– Guaraní-PAR / Oitavas (classificado)*
Santos / Quartas (eliminado)

Grêmio 2021
– Ayacucho-PER / Pré (classificado)
– Ind. Del Valle / Pré (eliminado)*

Veja também: