Mercado da Bola: Palmeiras vende Viña por valor abaixo do esperado, crava imprensa uruguaia

Lateral-esquerdo disputou a Copa América pela seleção uruguaia e deixa o Palmeiras após um ano e meio no clube alviverde

Rafael Brayan
Estudante de jornalismo. Colaborador especialista e editor-plantonista do Torcedores.Twitter: @rafaelbrayan_

Crédito: Reprodução/Twitter

O Palmeiras acertou a venda do lateral-esquerdo Matías Viña para a Roma, do futebol italiano. A informação foi crava por Gonzalo Ronchi, jornalista uruguaio da rádio Sport890, em sua conta no Twitter.

Conheça a 1xBet:

Um novo jeito de fazer sua aposta esportiva!


Leia mais:

+ Neto monta Seleção “ideal” com dupla do Palmeiras; veja lista

+ Alvo de clubes da Série A, Róger Guedes acerta com nova equipe


De acordo com o profissional, a negociação foi fechada em definitivo por 11 milhões de euros, além de 2,5 milhões pelos bônus. Em reais, o valor gira em torno de R$ 67,87 milhões. Palmeiras tem 57,5% do jogador (aproximadamente R$ 39 milhões). Além disso, o Nacional do Uruguai tem o restante da venda.

No último dia 16, o jornalista Bruno Andrade, colunista do “UOL Esporte”, afirmou que o Palmeiras gostaria de receber 14 milhões de euros pela venda de Viña para a Roma. Porém, o interesse do atleta em trabalhar na equipe de Mourinho pode ter agilizado a negociação.

Matías Viña chegou no Palmeiras no início de 2020 como titular da equipe de Vanderlei Luxemburgo. Entretanto, o brilho foi com Abel Ferreira. O atleta foi importante na Libertadores e na Copa do Brasil. O jogador é considerado um dos melhores sul-americanos da posição.