Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Torino FC lança camisa em homenagem a Chapecoense

TORINO FC, equipe italiana, lançou o uniforme verde de goleiros da temporada 2021/2022 com a #forçachape, mantendo laços de amizade desde 2016

Rico Chermont
Gestor Esportivo | Sport Management Fala sobre #esportes, #experiencia, #sportsmanagement, #gestãoesportiva e #marketingesportivoPresidente MiniFootball Brasil Presidente Pan American Minifootball Federation CEO na Chermont BR Company CEO na ChBR Advertising CEO na ChBR Sports

Crédito: Detalhe na camisa: #forçachape Foto: Torino FC

Duas equipes ligadas por um acidente aéreo trágico. Torino e Chapecoense passaram por momentos difíceis em sua história, sobretudo, mantém um grande laço de “amizade” desde 2016. Hoje, o Torino fez mais uma homenagem a equipe brasileira. Lançou a camisa verde dos goleiros para a temporada 2021/2022 com a #forçachape estampada. Esse ano, fazem 5 anos da tragédia com a equipe brasileira.

 

Em seu perfil oficial no Instagram, @chapecoensereal, a equipe brasileira agradeceu a homenagem:

“Unidos pelo destino! O @TorinoFC1906 lançou, nesta sexta-feira (23), uma camisa em homenagem à Chape e à amizade entre as duas equipes. O manto será utilizado pelos goleiros da equipe italiana temporada 2021/2022. Chape e Torino compartilham uma história de resiliência, com laços fortalecidos pela coragem de seguir em frente após o momento mais desafiador das suas trajetórias. Per sempre amici! Grazie, Toro!”

 

A TRAGÉDIA DO TORINO

No dia 04 de Maio de 1949, o avião que levava de volta para a Itália a equipe do Torino, após uma partida realizada em Lisboa, contra o Benfica, chocou-se com o campanário da Basílica de Superga, em Turim, matando os 42 passageiros, incluindo toda a delegação da equipe. O acidente abalou toda a Itália e cerca de 500 mil italianos acompanharam os funerais.

Na época, o TORINO era considerado um dos grandes da Itália, quatro vezes campeão nacional e partia para seu quinto título. Para continuar o campeonato, a equipe teve que recorrer aos juvenis. Contudo, toda as outras equipes, em solidariedade ao Torino, também fizeram o mesmo e também jogaram com seus juvenis. Assim, a equipe do Torino conquistou o pentacampeonato.

A TRAGÉDIA DA CHAPECOENSE

67 anos depois, em 29 de Novembro de 2016, o avião que levava a equipe da Chapecoense para a final da Copa Sul-americana, caiu nos arredores da cidade de Medellín, na Colômbia. 71 pessoas morreram entre jogadores, comissão técnica, funcionários do clube, tripulantes, jornalistas e convidados.

Neste acidente, 6 pessoas sobreviveram. Os atletas Alan Ruschel, Jackson Follmann e Neto, o jornalista Rafael Hensel e os tripulantes Erwin Tumiri e Ximena Suarez. Alan Ruschel segue no futebol e joga pelo América-MG, Jackson Follmann teve uma perna amputada e hoje trabalha como músico. Neto também segue no futebol, mas como superintendente de futebol da Chapecoense. O jornalista Rafael Henzel sobreviveu ao acidente mas infelizmente, faleceu devido a um infarto em março de 2019.

LAÇOS DE AMIZADE ENTRE AS EQUIPES

Com isso, desde 2016, as equipes mantém laços de amizade. Em 2017, a equipe do Torino jogou uma partida com uniforme verde contra o Atalanta. Na ocasião, foram produzidas 1.500 camisas, com parte da verba destinada às famílias das vítimas da Chapecoense. Em 2018, as equipes se enfrentaram em um amistoso no estádio Olímpico Grande Torino, em Turim. O Torino venceu por 2 x 0 a equipe da Chapecoense, que jogou com um time alternativo e parte dos jogadores da sua categoria de base.