Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Conmebol investigou até suspeita de manipulação de resultado em jogo do Fluminense na Libertadores

Partida teve polêmica em relação ao VAR e pedido de anulação feito pela equipe paraguaia; Vitória do Flu foi mantida

Victor Martins
Um homem que acredita ser jornalista, escritor e 'chato'. Decidam vocês qual será a opção escolhida.Formado na Universidade Metodista de São Paulo. No Torcedores desde 2016 ou algo parecido.

Crédito: Reprodulção

A polêmica da partida entre Cerro Porteño x Fluminense, pelas oitavas de final da Libertadores, pode ter tido mais implicações do que as controvérsias geradas pela arbitragem. Até mesmo investigação de suspeita de manipulação de resultado existiu, conforme aponta o blog de Marcel Rizzo, no Uol Esporte.

Aniversário CLUBE EXTRA

Clique e veja as melhores promoções!

De acordo com o blog, a Conmebol chegou a enviar um relatório para a Sportradar, empresa que é especializada em verificar supostas fraudes ligadas a manipulação de resultados nas casas de apostas, para verificar se havia alguma suspeita durante a partida, o que não foi encontrado.

Após a partida, que terminou com vitória do Flu por 2 a 0, o Cerro enviou à Conmebol um pedido para que a partida fosse anulada devido a erros de arbitragem. Em especial, um gol dos paraguaios anulado pela arbitragem, que nem em campo ou em vídeo notou a presença de um jogador do time brasileiro dando condição. Pelo regulamento da entidade, uma partida só pode se anulada por escalação irregular de jogador, más condições do campo ou uma decisão de arbitragem que possa gerar indícios de corrupção.


A presidente da Comissão Disciplinar da Conmebol, Amarlis Belisario, se apoiou nesta última provisão para iniciar a investigação junto ao Departamento de Integridade da entidade. No relatório encomendado à Sportradar, não foram encontrados indícios nas bolsas e sites de apostas que indicariam alguma suspeita quanto a um elevado número de apostas antes do gol do time paraguaio.

Além de não apontar tais indícios de que os mercados de apostas detectaram movimentações suspeitas quanto ao resultado da partida, o Cerro Porteño não obteve em seu pedido provas que indicassem a existência de possível fraude que levasse à arbitragem a causar tais erros. Com isso, o resultado de 2 a 0 a favor dos brasileiros seguiu.

Na volta, o Fluminense novamente venceu, desta vez por 1 a 0, e se classificou para enfrentar o Barcelona-EQU nas quartas de final da Libertadores.

LEIA MAIS

Fluminense tem pedido negado pela Prefeitura por público na Libertadores

As melhores notícias de esportes, direto para você