Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Da queda ao bronze olímpico: Sky Brown teve acidente que quase encerrou sua carreira em 2020

Conheça a história de Sky Brown, que aos 13 anos tem uma trajetória de superação e importância em causas sociais

Paulo Foles
Jornalista, amante da escrita e apaixonado por esportes. Twitter: @PaulFoles

Crédito: (Photo by Ezra Shaw/Getty Images)

Sky Brown fez história ao conquistar o bronze do skate park aos 13 anos. No entanto, ela teve que percorrer uma trajetória de reviravoltas até chegar ao pódio em Tóquio. Em 2020, ainda com 11 anos, a britânica tentou fazer uma manobra com seu skate na casa de Tony Hawk, o maior da história, e foi direto ao chão, em uma queda assustadora de mais de quatro metros que lhe rendeu uma fratura no crânio, o braço esquerdo e os dedos da mão direita quebrados.

Após isso, ela poderia ter encerrado a carreira. Os pais não queriam que Sky Brown praticasse o skate depois do grave acidente. Porém, a jovem atleta não quis desistir e prosseguiu em sua jornada no esporte.

“Meus pais não queriam mais que eu andasse de skate. Mas eu apenas senti que não poderia parar de andar. Eu apenas disse a eles que eu queria andar. É uma das minhas coisas que eu mais gosto de fazer. Você só tem uma vida e precisa aproveitá-la. Foi definitivamente difícil para eles. Os dois estavam chorando. Queriam que eu parasse. ‘Você tem certeza que quer andar de skate de novo?’ Eles absolutamente não gostariam, mas é por isso que eu os amo. Me apoiam porque sabem que eu quero continuar”, revelou a skatista, em entrevista ao “The Guardian”.

Nesta quarta-feira (4), Sky Brown escreveu um dos capítulos mais impressionantes de Tóquio. Ao lado de Kokona Hiraki, medalhista de prata do skate park aos 12 anos, ela concretizou sua história de superação com manobras que encantaram o mundo dos esportes. O ouro ficou com outro fenômeno japonês, a Sakura Yosozumi, de 19 anos.

Assim como Momiji Nishiya e Rayssa Leal (ambas com 13 anos) no skate street, as medalhistas do park integram um grupo de jovens atletas da modalidade que vem dominando nos últimos tempos. Além de vencedoras, elas abrem portas para novas atletas do esporte e viram referências.

Quem é Sky Brown?

Sky Brown

Apesar de ter representado a Grã-Bretanha, Sky Brown é filha de uma japonesa e um britânico e nasceu em Miyazaki, no Japão. Já aos 10 anos começou a se destacar com recordes, ganhou fama no skate e logo se tornou uma grande estrela.

Mesmo sendo tão jovem, ela é muito ativa em causas importantes. Ela realizou um trabalho de caridade no Camboja com o projeto de skate do Skateistan, que é sobre a importância do esporte no combate à violência contra mulheres e meninas, além de ter como intenção acabar com a discriminação de gênero.

Sky Brown ainda lançou o livro “Sky’s the Limit: Words of Wisdom from a Young Champion” (O Céu é o Limite: Palavras de Sabedoria de uma Jovem Campeã) após o grave acidente que teve, como forma de incentivar outras atletas a lutar pelos sonhos.

LEIA MAIS:

Olimpíadas: Dora Varella e Yndiara Asp terminam sem medalha no skate park; Yosozumi leva o ouro