Home Esportes Olímpicos Vôlei nas Olimpíadas: Tandara reprova no antidoping e retorna ao Brasil

Vôlei nas Olimpíadas: Tandara reprova no antidoping e retorna ao Brasil

Prestes a enfrentar a Coreia do Sul pelas semifinais das Olimpíadas, Tandara Caixeta vai desfalcar a seleção feminina de vôlei por reprovar no antidoping, em teste realizado antes de chegar a Tóquio

Danilo Lacalle
Jornalista de formação, e atleta por opção. Especialista em esportes americanos e apaixonado por esportes radicais.

O Brasil enfrenta a Coreia do Sul às 9h, desta sexta-feira, pelas semifinais do vôlei feminino, nas Olimpíadas. Porém, Tandara Caixeta, a Oposta da seleção, não estará presente na partida. A atleta será desfalque por ter reprovado no antigoping. O Comitê Olímpico do Brasil anunciou, na noite desta quinta-feira, a suspensão provisória da jogadora, na competição.

PUBLICIDADE

De acordo com comunicado, a jogadora “violou a regra antidopagem”, em exame realizado dia 7 de julho, no Centro de Treinamento da CBV, em Saquarema.

Declaração do COB sobre a violação de Tandara; A atleta está fora das Olimpíadas

“O Comitê Olímpico do Brasil recebeu nesta madrugada no Japão, através da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD), a notificação quanto à suspensão provisória por potencial violação de regra antidopagem pela atleta Tandara Caixeta, da seleção feminina de voleibol. O teste foi realizado no período fora de competição no centro de treinamento da modalidade em Saquarema no dia 7 de julho. Tandara retornará ao Brasil.” – Nota Oficial, emitida pelo Comitê Olímpico Brasileiro.

PUBLICIDADE

Agora, Tandara deve retornar ao ao Brasil ainda nesta sexta-feira e está fora das Olimpíadas de Tóquio. Ainda, o COB não revelou qual foi a característica da violação cometida pela atleta, nem ao menos se identificada alguma substância proibida.

Sheila Castro, da seleção de vôlei, também se pronunciou

PUBLICIDADE

A atleta, que se lamentou pelo acontecido, disse ainda que Tandara realizou a contra prova, e que o resultado pode sair em breve.

LEIA MAIS

Olimpíadas de Tóquio: pela primeira vez, desde 2000, em Sydney, o Brasil não ficava fora da final no vôlei masculino

Com virada, Laura Pigossi e Luisa Stefani vencem dupla russa no tênis e conquistam bronze nos Jogos Olímpicos

18+ | Jogue com responsabilidade | Aplicam-se os Termos e Condições | Conteúdo comercial