Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Quem são os 10 favoritos para o prêmio “The Best” da FIFA?

Premiação será feita em janeiro de 2022

nicholasorb
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação/FIFA

Há exatamente uma semana ocorreu a cerimônia do Ballon D’Or, em Paris, na qual Lionel Messi se sagrou vencedor do prêmio da Bola de Ouro, cedido ao melhor jogador do mundo pela renomada revista “France Football“.

Desde 2016, a Federação Internacional de Futebol (FIFA) premia o melhor jogador, goleiro e treinador do futebol masculino, e melhor jogadora, goleira e treinadora do feminino, além do Prêmio Puskás – dado ao gol mais bonito da temporada – através do “The Best FIFA Football Awards”.

Campeonato Francês 2021/22

Confira a classificação atualizada!

Qual a diferença entre a Bola de Ouro e o The Best?

De 1956 a 2009, existia apenas a premiação criada pela France Football. Entre 2009 e 2016, houve a unificação da FIFA com a Bola de Ouro, denominada “FIFA Ballon D’Or”.

De 2016 para cá, as duas premiações dividem as atenções do mundo da bola, mas há uma diferença: enquanto a Bola de Ouro é votada pelo rendimento anual do atleta (de janeiro a dezembro de 2021), o The Best é escolhido pelo o que cada jogador fez na temporada, neste caso, de agosto de 2020 até julho de 2021.

Por se tratar de recortes diferentes, pode acontecer dos vencedores serem distintos um do outro. Apesar de ser algo raro, neste ano poderemos ter Lionel Messi vencedor da Bola de Ouro e Robert Lewandowski vencedor do The Best, por exemplo.

Campeonato Alemão 2021/22

Confira a classificação atualizada!

Quando será?

Dia 27 de janeiro de 2022, em Zurique, Suíça.

Assim como na edição passada, o evento será feito sem convidados, mas terá presença de grandes jogadores do futebol mundial virtualmente.

Quem foi indicado?

Benzema, Cristiano Ronaldo, De Bruyne, Haaland, Jorginho, Kanté, Lewandowski, Mbappé, Messi, Neymar, Salah.

Campeonato Italiano 2021/22

Confira a classificação atualizada!

 

Confira abaixo qual o Top-1o do Torcedores.com dos favoritos ao FIFA The Best:

10- Mohamed Salah (Egito / Liverpool)

O craque egípcio fez uma excelente temporada pelo Liverpool, mas acredita-se que Salah vive sua melhor fase neste segundo semestre, até mesmo em nível de Top-3. Pensando na temporada passada, o que pesa negativamente é a falta de títulos e a eliminação precoce nas competições de mata-mata.

Números: 53 jogos – 33 gols e 6 assistências

Campeonato Inglês 2021/22

Confira a classificação atualizada

Títulos: –

9- Karim Benzema (França / Real Madrid)

Em um período de entressafra vivido pelo Real Madrid, Benzema foi quem segurou as pontas e se destacou pelos merengues na temporada passada. Devido a isso, atingiu ótimos números, mas acabou passando em branco no quesito títulos por clube. Pela França, foi desclassificado nas oitavas de final na Eurocopa, mas marcou gols decisivos na competição.

Números: 52 jogos – 34 gols e 9 assistências

Títulos: –

8- Erling Haaland (Noruega / Borussia Dortmund)

Haaland ganhou os holofotes do mundo justamente na temporada 2020-21. O atacante conseguiu a incrível marca de quase ter a mesma quantidade de gols e jogos. Poderia subir mais posições, porém ficou sem nenhum título de grandeza nacional e viu a Noruega ficar de fora da Copa do Mundo de 2022.

Números: 47 jogos – 42 gols e 10 assistências

Títulos: Copa da Alemanha

7- Kevin De Bruyne (Bélgica / Manchester City)

O belga teve a melhor temporada da carreira principalmente em seu clube. No Manchester City conquistou dois títulos e chegou à final da Champions. Pesou negativamente as atuações um pouco abaixo da média com a seleção belga, posto isso, conseguiu chegar mais longe na Eurocopa do que Portugal, França e Alemanha, por exemplo.

Números: 50 jogos – 13 gols e 23 assistências

Títulos: Campeonato Inglês e Copa da Liga Inglesa

6- Cristiano Ronaldo (Portugal / Manchester United)

Na temporada passada, quando ainda jogava pela Juventus, CR7 não obteve um desempenho a nível de melhor do mundo e também viu a seleção portuguesa ser eliminada nas oitavas de final da Eurocopa. Apesar de tudo, conquistou dois títulos e acabou superando muitos adversários por seus números impressionantes e fazer o máximo por uma Juve em crise técnica e tática.

Números: 58 jogos – 46 gols e 5 assistências

Títulos: Coppa Itália e Supercopa da Itália

5- N’golo Kanté (França / Chelsea)

Apesar dos números mais modestos, que o afastaram de um possível Top-3, Kanté fez parte de uma campanha histórica do Chelsea. O meio-campista francês foi um dos líderes do elenco e se sagrou MVP das semifinais e finais da Liga dos Campeões.

Números: 58 jogos – 1 gol e 3 assistências

Títulos: UEFA Champions League e Supercopa da UEFA

4- Kylian Mbappé (França / Paris Saint-Germain)

Mbappé somou números impressionantes na temporada e foi o responsável por levar o PSG para as semifinais da Liga dos Campeões em um mata-mata de alto nível. O atacante foi a referência do clube parisiense, sobretudo na ausência de Neymar, e da seleção francesa. Não chegou mais longe na corrida do prêmio por ter perdido o Campeonato Francês e ter sido eliminado na Eurocopa “precocemente”.

Números: 60 jogos – 45 gols e 14 assistências

Títulos: Copa da França e Troféu dos Campeões da França

3- Jorginho (Itália / Chelsea)

No quesito títulos importantes na temporada, ninguém supera o ítalo-brasileiro Jorginho. O meia conquistou dois títulos pelo Chelsea e a Eurocopa com a seleção italiana. Devido a falta de protagonismo, o atleta até foi cogitado para levar o The Best, porém deve ficar somente no Top-3. O que não deixa de ser um feito glorioso, visto que já recebeu um prêmio este ano, o de de melhor jogador da Europa em 2020/21, dado pela UEFA.

Números: 56 jogos – 9 gols e 3 assistências

Títulos: UEFA Champions League, Supercopa da UEFA e Eurocopa

2- Robert Lewandowski (Polônia / Bayern de Munique)

Considerado por muitos como injustiçado por não ter vencido a Bola de Ouro, Lewandowski bateu diversos recordes ao longo da temporada e novamente liderou um Bayern de Munique ultradominante. Na Eurocopa, foi eliminado com a seleção polonesa ainda na fase de grupos, mas fez a sua parte e saiu de cabeça erguida do torneio. O único fator que pode afastá-lo da conquista é a eliminação pouco esperada para o PSG, nas quartas de final da Liga dos Campeões.

Números: 50 jogos – 56 gols e 10 assistências

Títulos: Mundial de Clubes, Supercopa da UEFA, Campeonato Alemão e Supercopa da Alemanha

1- Lionel Messi (Argentina / Paris Saint-Germain)

Além da honra de receber a Bola de Ouro, o argentino obviamente lidera a corrida do The Best. Com números avassaladores, Messi foi o salvador da pátria em sua temporada de despedida pelo Barcelona e conquistou seu primeiro título com a seleção argentina, a Copa América – os hermanos estavam desde 1993 sem levantar nenhuma taça.

O craque foi contestado por não ter sido decisivo em algumas ocasiões e não ter conquistado títulos de expressão pelo Barça, mas acredita-se que, mesmo com uma idade elevada, Messi deu alguma perspectiva ao clube catalão durante as ligas disputadas e deu o seu melhor na temporada 2020/21, refletido em números extraordinários.

Números: 60 jogos – 44 gols e 17 assistências

Títulos: Copa do Rei e Copa América.

 

LEIA TAMBÉM

Vidal no Atlético-MG? Futuro de Cano, sondagem de brasileiros por Jorge Jesus e mais: as últimas do futebol

Santos, Ceará, Corinthians e mais: confira possíveis destinos de Cano, que está de saída do Vasco

Jorge Jesus, Sampaoli, Gallardo e Carvalhal: confira a situação dos treinadores estrangeiros especulados no Flamengo

Cabem no seu time? 7 goleiros conhecidos que podem assinar contrato com qualquer clube a partir de janeiro