Torcedores | Notícias sobre Futebol, Games e outros esportes

Análise NFL: os pontos positivos e negativos de Dallas Cowboys e San Francisco 49ers

Clássico da NFL pelos playoffs acontece no domingo (16), às 18h30

Paulo Foles
Jornalista, amante da escrita e apaixonado por esportes. Falo sobre futebol internacional, nacional e esportes americanos, principalmente NFL e NBA. Santista e apreciador do bom futebol. Twitter: @PaulFoles

Crédito: Foto: Montagem/Torcedores.com

Um ataque explosivo de um lado e uma mente super ofensiva do outro. Dallas Cowboys x San Francisco 49ers promete ser um dos confrontos mais divertidos do wild card. A franquia do Texas chega como seed #3 e campeão de divisão, enquanto os Niners se classificaram na última semana após uma histórica vitória contra o Los Angeles Rams.

As expectativas nos Cowboys são enormes. Será que finalmente é o ano da franquia voltar ao Super Bowl? Talento nos dois lados da bola não faltam. Apesar de algumas oscilações na temporada, a equipe parece pronta para conseguir lidar com todos desafios que a pós-temporada da NFL exige.

O talentoso Cowboys

O ataque é recheado de talentos. O jogo terrestre tem uma dupla dinâmica com Ezekiel Eliott e Tony Pollard. A linha ofensiva é uma das melhores da NFL e conta com nomes como Zack Martin e Tyron Smith. Dak Prescott vem de ótima temporada e mostra tudo que é preciso para conduzir essa equipe ao grande sonho. Por fim, o corpo de recebedores também está entre os mais relevantes da NFL, com Amari Cooper e CeeDee Lamb – e ainda tinha Michael Gallup, que está fora da temporada.

Se o ataque é talentoso, o mesmo pode se dizer da defesa. Micah Parsons, o provável calouro defensivo do ano, comanda o segundo nível de um sistema que tem um Trevon Diggs com 11 interceptações na secundária – líder da NFL no quesito. Ainda há mais jogadores de impacto como DeMarcus Lawrence e Randy Gregory na defesa comandada por Dan Quinn. No geral, a unidade é uma das que mais forçam turnovers na liga, fator que é fundamental em jogo de playoffs.

A preocupação fica para algumas oscilações. A reta final de temporada não é totalmente animadora por conta de algumas derrotas impactantes, como o 36 a 33 para o Las Vegas Raiders na prorrogação e o 25 a 22 para o Arizona Cardinals, ambos em casa. O ataque não engrenou em alguns momentos e isso pode ser fatal em uma partida de pós-temporada.

Quais as chances dos Niners?

As virtudes de Dallas são imensas, mas San Francisco pode ter chances se conseguir impor o jogo terrestre e deixar Jimmy Garoppolo em situações mais confortáveis. Pressionar Prescott é crucial e isso pode ser feito com toda qualidade de Fred Warner e Nick Bosa. Os Cowboys são talentosos, mas tem jogadores que não são exatamente confiáveis, como Anthony Brown e Jourdan Lewis na secundária.

Os Niners têm condições de eliminar a franquia do Texas, um plano de jogo bem elaborado por Kyle Shanahan é o que irá aumentar – ou diminuir – as chances da equipe. Vencer o forte Los Angeles Rams é a resposta que mostra o quanto San Francisco é capaz de bater de frente contra todos os times da NFL. Tirar três posses contra um time tão talentoso é uma prova de força e os méritos se passam pelo head coach. Porém, a engrenagem tem que beirar a perfeição na pós-temporada caso queira avançar. E a bola não pode ficar muito tempo nas mãos de Garoppolo.

LEIA TAMBÉM

Análise NFL: Philadelphia Eagles pode surpreender o Tampa Bay Buccaneers e derrubar Tom Brady?

Análise NFL: Bills e Patriots jogam a vida nos playoffs no terceiro capítulo do clássico na temporada

NFL: Em batalha entre Deebo Samuel e Cooper Kupp, 49ers vencem de virada e vão aos playoffs

NFL: Big Ben e Najee Harris decidem na prorrogação e Steelers ainda têm chances de ir aos playoffs

NFL anuncia a morte do lendário treinador John Madden

NFL: Com último quarto perfeito, Chargers freiam reação dos Bengals e vencem fora de casa