Torcedores – Notícias Esportivas

Fórmula 1: Hamilton faz cobrança pesada à FIA sobre comissários

Heptacampeão mundial de F1 está de volta para a temporada de 2022, mas não sem um pedido claro para a Federação Internacional de Automobilismo

Álvaro Logullo Neto
24 anos, formado em Jornalismo pela Universidade de São Paulo e, desde 2021, redator de esportes no Torcedores.com. Por aqui, um pouco de tudo: tênis, basquete, NFL, Fórmula 1, esportes olímpicos e Fiorentina... digo, futebol!

Crédito: Luca Bruno / AFP / Grande Prêmio

Após algum suspense, Lewis Hamilton vai correr em 2022. O piloto da Mercedes está confirmado no grid e, portanto, vai em busca de seu 8º título da Fórmula 1. Entretanto, as polêmicas ocorridas no mundial passado ainda reverberam ao redor do britânico. E ele quer assegurar que os mesmos erros não se repitam.

Em entrevista concedida nesta quarta-feira (23), durante o primeiro dia da pré-temporada da F1, Hamilton foi muito claro. Ele cobrou, sem titubear, a Federação Internacional de Automobilismo (FIA):

“Precisamos garantir que teremos comissários imparciais. Alguns pilotos são muito amigos de certos indivíduos, viajam com eles e, portanto, tendem a fazer com que gostem mais deles. Penso que precisamos de pessoas cuja opinião não seja tendenciosa e que sejam super centralizadas quando se trata de tomar decisões”, disparou.

Vale lembrar que, recentemente, a FIA removeu o então diretor de provas, Michael Masi, do cargo. A decisão ocorreu após o não-cumprimento do regulamento no GP de Abu Dhabi, o último da temporada da Fórmula 1 de 2021. Para seu lugar foram nomeados Niels Wittich e Eduardo Freitas, que vão se revezar como diretores das corridas em 2022.

Hamilton ‘renovado’ para mais uma temporada

Embora ainda sinta a derrota para Max Verstappen em 2021, Lewis Hamilton espera deixar isso no passado. O foco do piloto está na atual temporada da Fórmula 1. O próprio britânico, aliás, exalou moticação para mais este desafio:

“Me sinto mais renovado que nunca. Há várias formas de retomar o foco e se concentrar, mas eu diria que essas férias foram as melhores que já tive. Chegando aqui e vendo todos os carros tão diferentes, vejo que essa será uma das temporadas mais emocionantes e interessantes na qual já embarquei”, afirmou Hamilton.

Aos 37 anos, o piloto da Mercedes conquistou o 5º melhor tempo durante o primeiro dia de testes da F1, no circuito da Catalunha. O britânico, contudo, não participou de todo o treino. Na verdade, ele dividiu a pista com o novo companheiro, George Russell. O ‘número 2’ da equipe alemã, inclusive, ficou à frente, com a 4ª colocação geral.