Torcedores – Notícias Esportivas

Fórmula 1: Enfático, Hamilton faz sugestão para a FIA: “Seria incrível”

Piloto britânico falou mais uma vez sobre o polêmico fim de temporada de 2021 da F1 e ainda fez cobranças à FIA

Álvaro Logullo Neto
24 anos, formado em Jornalismo pela Universidade de São Paulo e, desde 2021, redator de esportes no Torcedores.com. Por aqui, um pouco de tudo: tênis, basquete, NFL, Fórmula 1, esportes olímpicos e Fiorentina... digo, futebol!

Crédito: Reprodução / Instagram: @mercedesamgf1

Nesta quarta-feira (23), foi dado início à pré-temporada da Fórmula 1, na Catalunha. E, certamente, um dos nomes mais procurados e solicitados pela imprensa será sempre o do heptacampeão Lewis Hamilton. Ainda pela manhã, o britânico participou de entrevista coletiva e voltou a cobrar uma postura diferente da FIA.

“Precisamos nos assegurar de que temos comissários imparciais. Alguns pilotos de corrida são muito, muito amigos de certos indivíduos. Alguns viajam juntos, aliás, e tendem a gostar mais de alguns deles”, disparou Hamilton.

Vale lembrar que o inglês já havia tocado neste assunto durante a apresentação do novo carro da Mercedes. Na ocasião, ele cobrou que a FIA torne públicas as conclusões das polêmicas ocorridas no GP de Abu Dhabi, o último da temporada passada — e que sagrou Max Verstappen, da Red Bull, como campeão mundial da Fórmula 1.

Hamilton pede mais diversidade

Além disso, Hamilton também aproveitou para dar uma ‘sugestão’ à Federação Internacional de Automobilismo (FIA). Isso porque o britânico de 37 anos gostaria de ver mais diversidade no comando da entidade:

“Acho que, no ano passado tivemos uma ou duas, mas penso que seria incrível ter mais mulheres como diretoras de provas. Creio que seja um ótimo jeito de termos mais diversidade”, concluiu o piloto da Mercedes.

Enfim, há pouco tempo, a espanhola Silvia Bellot foi cogitada para ser a nova diretora de provas no lugar de Michael Masi. Contudo, isso não aconteceu. Bellot chegou a trabalhar, em 2021, como comissária em algumas provas da F1.

Já a respeito das controvérsias do último mundial, no entanto, Hamilton fez questão de concluir dizendo que pretende deixar 2021… no passado. O foco, segundo o heptacampeão da Fórmula 1, está totalmente na atual temporada, embora a derrota para Verstappen ainda deixe um gosto amargo na boca.