Torcedores – Notícias Esportivas

Técnico cotado no Corinthians já se vestiu de Zorro em coletiva; entenda

Timão vem debatendo alguns nomes nos bastidores, e estrangeiro não está descartado

Cido Vieira
Jornalista graduado. Redator do Torcedores.com desde 2017. Repórter na rádio Provisão FM Caruaru.

Crédito: Reprodução

Depois do revés sofrido diante do Santos, na Neo Química Arena, o Corinthians oficializou a demissão do técnico Sylvinho, e desde então vem buscando um novo comandante para a sequência da temporada. Nomes como Mano Menezes, Cuca e Renato Gaúcho já foram descartados, e um europeu ganhou força na última sexta-feira (4).

O nome favorito do Corinthians era Jorge Jesus, mas o Mister optou por se ausentar do futebol até o mês de maio, para aproveitar férias com a família. Neste cenário, por meio do próprio representante do ex-técnico do Flamengo, surgiu o nome de Paulo Fonseca, treinador com passagens por várias equipes do Velho Continente, como Braga, Roma e Shakhtar.

No time ucraniano, inclusive, Fonseca protagonizou uma cena icônica. Depois de superar o Manchester City por 2 a 1 na fase de grupos da Champions League temporada 2017/18, o treinador cotado no Timão apareceu na coletiva de imprensa fantasiado de Don Diego de La Vega, popularmente conhecido como Zorro.

Integrando uma chave complicada com City e Napoli, a classificação do Shakhtar era vista como improvável. Na véspera do jogo diante dos ingleses, Paulo Fonseca prometeu se mascarar do herói mascarado em caso de avanço, e assim o fez.

DEMISSÃO NO TIMÃO

Já pressionado, Sylvinho não suportou a derrota de virada para o Santos na última quarta-feira (2). Pouco depois do apito final em Itaquera, o que era previsto se concretizou. O presidente Duilio Monteiro Alves veio para a coletiva de imprensa e anunciou a demissão do técnico. Em quase nove meses comandando o Corinthians, Sylvinho acumulou 43 jogos, tendo um aproveitamento de 48%.

“Após o jogo nos reunimos no vestiário eu e a diretoria de futebol e entendemos que é o momento de interromper o trabalho do nosso treinador e fazer uma correção de rota. Aproveito para agradecer todo o empenho do Sylvinho, todo o trabalho e toda dedicação ao Corinthians. Amanhã nos reuniremos para definir os próximos passos”, disse de forma rápida o presidente do Timão.