Torcedores – Notícias Esportivas

Presidente do Athletico revela objetivo do clube: “Seremos maiores que River Plate e Flamengo”

Presidente do Athletico destaca qualidade do trabalho realizado em Curitiba e alerta para objetivo de ser maior que o Flamengo

Matheus D'Avila
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução / Youtube

O presidente do Athlético Paranaense, Mário Celso Petraglia tem grandes objetivos para o clube. Em entrevista a rádio Transamérica, o mandatário falou sobre o projeto que conduz no cargo. Para ele, o Furacão caminha para ser um dos maiores clubes do futebol sul-americano. E as conquistas recentes da Sul-Americana são os grandes norteadores do trabalho. Porém, muito mais do que o crescimento da imagem do clube deseja ele. O dirigente é muito claro na meta: ser o maior do Brasil.

“A minha luta é para trazer a torcida para o projeto. Eles precisam participar e pertencer. É deles. Não estou fazendo para mim. O legado vai ficar (…) Há uma baixa contribuição e compromisso dos torcedores com o projeto. Fizemos um projeto que a maioria não acreditava e o Brasil achava que era loucura. Diziam que era sonho de uma noite de verão. Estamos muito próximos de virar o maior clube das Américas. Se abrirmos o capital e trazer o valor que vale o Athletico, em pouco tempo seremos maior que o River Plate, Boca, Flamengo. Não estou falando em torcida, estou falando em clube e estrutura”, disse o presidente.

Quem no Athletico é o Petraglia

O Athletico está na Libertadores da América de 2022 e sonha com o título Para isso, o projeto será conduzido pelo contestado Alberto Valentim. Criticado pelos torcedores, o treinador é defendido pelo presidente Petraglia, que lhe garante no cargo.

“Valentim é o treinador. Não vejo necessidade de mudar. Eu ouvi por mais de dez anos ‘ei, Petraglia, i love you’. Então, o torcedor tem que arranjar alguma coisa para reclamar. Mas tem algo importante. O Athletico era comandado de fora para dentro. E isso influenciava e mudava técnico e jogador. Agora é comandado de dentro para fora. Só mudará quando for importante para a instituição. Não mudaremos por causa da torcida ou de vocês (da imprensa). Quem decide somos nós”, destacou.

Por fim, ao exaltar o trabalho administrativo, Petraglia destacou que, no seu entendimento, a gestão do Furacão é uma das melhores existentes.

“Não tem no mundo clube sem dono que faz o que fizemos”, concluiu.