Torcedores – Notícias Esportivas

Tenista da Ucrânia usa roupa com cores do país para enfrentar russa

Ucrânia foi bem representada pela tenista Elina Svitolina na vitória diante de Anastasia Potapova, da Rússia, na 1ª rodada do WTA 250 do México

Fabrício Carvalho
Jornalista formado / Rio de Janeiro. Redator de notícias, artigos e relatos sobre futebol nacional e internacional, basquete e esportes americanos.

Crédito: Reprodução

Um fato chamou bastante atenção na disputa da primeira rodada do evento WTA 250 de Monterrey na última noite de terça-feira (1).

A tenista da Ucrânia, Elina Svitolina, entrou em quadra utilizando cores de seu país e foi extremamente aplaudida no México. A adversária era simplesmente a tenista russa Anastasia Potapova, jogando sem utilizar a bandeira da Rússia devido à guerra.

Cabe ressaltar que Svitolina disse antes que não jogaria o Aberto de Mnterey, mas voltou atrás na decisão depois que foi tomada a decisão da WTA de banir a representação dos países Rússia e Bielorrússia nas atletas destes países.

Svitolina venceu o jogo com facilidade por 6-2 e 6-1 sem esboçar nenhum sorriso. Na entrevista pós-jogo dentro da quadra, a tenista disse que estava representando a Ucrânia e por isso estava numa “missão” em derrotar a tenista russa. Além disso, afirmou que todo o dinheiro da premiação deste WTA 250 será doado para a Ucrânia.

Veja o que disse Svitolina, da Ucrânia, após vencer Potapova, da Rússia

“Acho que é minha missão unir nossa comunidade de tênis para para ajudar a Ucrânia, porque o que estamos passando é uma coisa horrível para todos os ucranianos.”

“É por isso que estou aqui. É por isso que estou jogando pelo meu país e fazendo o meu melhor usando minha plataforma e meus recursos para apresentar isso e tentar convidar as pessoas a apoiar a Ucrânia. Estou feliz por ter vencido pelo meu país, mas ao mesmo tempo estou muito triste”