Torcedores – Notícias Esportivas

Vinicius Jr é alvo de ataques racistas em partida contra o Mallorca: “Vai pegar bananas”

Vinicius Jr mais uma vez é vítima de gritos racistas em partidas do Campeonato Espanhol

André Souza
23 anos, Jornalista.

Crédito: Divulgação/ @realmadrid

Na última segunda-feira (14), o Real Madrid encarou o Mallorca fora de casa e venceu por 3 a 0 com gols de Vinicius Jr e Benzema (2x), em partida válida pela 28ª rodada do Campeonato Espanhol. Mesmo com o gol e a boa atuação, Vinicius Jr não viveu só flores em Mallorca, em determinado momento da partida, o atacante brasileiro foi alvo de gritos racistas por parte da torcida do Mallorca.

O programa espanhol ‘El Golazo de Gol’ captou imagens exclusivas no momento em que torcedores direcionavam  gritos racistas a Vinicius Jr, confira:

Nas imagens acima, é perceptível ouvir gritos como: “Vá pegar bananas” e “UH UH UH” fazendo alusão ao animal macaco.

Vale lembrar que não é a primeira vez que o brasileiro é vítima de racismo em partidas do campeonato espanhol, contra o Barcelona no Camp Nou, Vinicius também sofreu com cânticos racistas como “macaco”.

A La Liga já realizou denuncias contra as ofensas racistas sofridas por Vinicius no El Clássico.

Mallorca condena gritos racistas contra Vinicius Jr

Na manhã desta terça-feira (15), a equipe do Mallorca condenou os acontecimentos através das suas redes sociais: “O clube condena com veemência e veemência qualquer atitude ou manifestação racista como a que aconteceu ontem no nosso estádio”.

Casos recorrentes de racismo em La Liga

O Real Madrid está indignado com este novo episódio de racismo contra Vinicius Jr, e espera que a La Liga seja mais dura na hora de denunciar e punir uma situação que se tornou recorrente na competição.

Espera-se que nas próximas horas a La Liga tomará providências sobre os casos de racismo que ocorreram na última segunda-feira.

Nos últimos dias também aconteceu um episódio racista na partida entre Granada x Cádiz, quando o jogador do Cádiz, Carlos Akapo deixou o campo de jogo. 

A pessoa que insultou Akapo já foi identificada no início de março, poucos dias depois da partida.