Torcedores – Notícias Esportivas

FIFA atende River Plate no caso Nacho e obriga Atlético-MG pagar parcelas milionárias

Entidade decide a favor dos argentinos que obriga o Galo cumprir o pagamento de duas parcelas de 2,5M de dólares

Luciano Ferreira
Jornalista formado pelo Instituto de Ciências Sociais e Comunicação - ICSC, da Universidade Paulista (UNIP) e com certificação da Federação dos Jornalistas de Língua Portuguesa - FJLP, por meio do Oficina de Telejornalismo - Repórter de TV.

Crédito: Divulgação / Twitter/Atlético-MG

A FIFA atendeu ação do River Plate contra o Atlético-MG no caso Nacho Fernández nesta sexta-seira (20). Isso porque os argentinos acionaram o Galo por inadimplência em duas parcelas. Portanto, a entidade máxima do futebol obriga agora a equipe mineira reaver o problema e quitar as dívidas cobradas.

O River Plate havia acionado o Atlético-MG na FIFA no final de abril. Na ocasião, a diretoria do Galo citou, porém, que o problema seria um “atraso pontual”. Os argentinos, portanto, cobraram duas parcelas de 2,5 milhões de dólares (total de R$ 12,2 milhões) pela venda de Nacho Fernández; os atleticanos, naquele período, falaram que a quantia correspondia somente a R$ 8,2 milhões.

A cobrança do River corresponde, portanto, a duas parcelas em atraso no acordo referente à compra de Nacho por parte do Galo, em 2021. O argentino, por sua vez, foi um dos jogadores mais caros da história do Atlético-MG.

No entanto, os valores totais não foram divulgados oficialmente pelo Galo. Mas, a informação obtida pela imprensa na época, seria de que o Atlético pagaria algo em torno dos US$ 6 milhões para tirar Nacho Fernández do futebol argentino.

Após a ação do River Plate, o Galo havia alegado que problemas no fluxo de caixa entre o fim de 2021 e os primeiros meses de 2022 travaram o pagamento no prazo exato.

FIFA atende River Plate e Atlético-MG terá que arcar com as parcelas cobradas

Segundo o jornal argentino ‘Olé’, a FIFA decide a favor dos argentinos ação do River Plate contra o Galo. Portanto, o pagamento das dívidas de US$ 2,5 milhões exigido pelo River deverá ser pago pelo Atlético-MG.

“FIFA decidiu a favor do River e Atlético Mineiro deverá pagar pelo Nacho Fernández: os brasileiros devem duas parcelas de um montante total de 2,5M de dólares e agora estão obrigados a pagá-las“, escreveu o jornal ‘Olé’.