Torcedores – Notícias Esportivas

Conselheiros do Flamengo pedem demissão imediata de Paulo Sousa; saiba mais

Rodolfo Landim é pressionado por sua base de apoio política para reformular a comissão técnica do Flamengo

Wilson Pimentel
Jornalista esportivo desde 1998. Cobriu os principais eventos esportivos da última década. Passou pelas redações do SBT, Record TV, CNT, Esporte Interativo, Rádio Tupi, Rádio Brasil e Rádio Manchete. É correspondente de veículos de comunicação da Colômbia, Croácia, Paraguai e Portugal. Está no Torcedores.com desde 2019.

Crédito: Marcelo Cortes/ Flamengo

O Flamengo vive momentos de tensão nos bastidores desde que Rodolfo Landim foi reeleito presidente no fim de 2021. Foi criada grande expectativa em cima do novo mandato, muito por conta dos títulos conquistados no primeiro triênio de sua gestão.

Com uma carreira de sucesso como funcionário do alto escalão da Petrobrás, Rodolfo Landim sempre foi visto como uma pessoa que seria arrojado, que defenderia os interesses do clube a qualquer custo, fazendo o torcedor rubro-negro sonhar alto.

O Torcedores.com apurou que Rodolfo Landim enfrenta diversas contestações nas decisões que vem tomando. A que mais incomoda os grandes “caciques rubro-negros” é o fato de o dirigente bancar a permanência do técnico Paulo Sousa.

O português vem sendo questionado por dirigentes, torcedores e opinião pública pelo fraco desempenho do Flamengo no Campeonato Brasileiro. A derrota por 1 a 0 para o Botafogo, em Brasília, foi a gota d´água para deflagrar nova crise na Gávea.

Além disso, Paulo Sousa também vem sendo questionado por não abrir mão do esquema com três zagueiros, por insistir na escalação de jogadores como Hugo Sousa, Mauricio Isla e Willian Arão e a não titularidade de Thiago Maia e Pedro.

Por conta de todos esses elementos, grande parte da torcida do Flamengo vem protestando e pedindo a sua saída do clube. A hashtag “#ForaPauloSousa” está entre os assuntos mais comentados no Twitter desde o último domingo.

Ainda segundo apurou a reportagem, Rodolfo Landim tem se mostrado irredutível e não demonstra que irá mudar seu pensamento. O novo pedido da saída de Paulo Sousa se baseia também na falta de conhecimento sobre o elenco.

Departamento médico também é questionado

Além do técnico Paulo Sousa, o departamento médico do Flamengo também é alvo de cobranças. A preparação física e o tratamento das lesões estão sendo questionadas. Internamente, o setor está fora de compasso desde a saída de Jorge Jesus em 2020.

Desde então, o chefe do departamento médico Márcio Tannure vem sendo cobrado por não conseguir esvaziar a enfermaria rubro-negra. O clima no Centro de Treinamentos George Helal, entre os profissionais que trabalham na área é ruim, pois há grupos divididos.

Integrantes da equipe médica reclamam de constrangimento ao ver o trabalho ser criticado por jornalistas e influenciadores digitais. Outro fator que incomoda é que o clube não tem o hábito de divulgar a gravidade dos lesionados.

Com isso, o clube fica à mercê de especulações em torno da recuperação de jogadores como Rodrigo Caio que não disputa uma partida oficial desde 2020. Recuperando-se de grave lesão no joelho direito, o zagueiro já foi relacionado para duas partidas do Flamengo.

Informalmente, funcionários do clube explicam que o retorno do jogador faz parte do processo de transição. Porém, Márcio Tannure nunca veio a público esclarecer a situação do camisa 3 e tão pouco dar detalhes sobre a volta do atleta aos gramados.

Paulo Sousa manda recado a Jorge Jesus: “Que tenha paz”. Veja o vídeo!