Home Futebol Contrato de Haaland com o Manchester City teria cláusula para multa rescisória em 2024

Contrato de Haaland com o Manchester City teria cláusula para multa rescisória em 2024

Cláusula foi colocada em contrato por falecido agente de atacante norueguês, comprado pelos Citizens por cerca de 51 milhões de libras

Victor Martins
De Santo André-SP, formado em Jornalismo pela Unversidade Metodista de São Paulo (classe de 2010-13), trabalhando no Torcedores desde janeiro de 2016 (ou algo neste sentido). Iniciado na profissão desde meados de 2006, ao fazer a cobertura da Copa do Mundo da Alemanha para o site Abolanet. cobrindo jogos e os destaques de algumas seleções durante o evento, e posteriormente trabalhando neste até cerca de 2007. Entre os anos de 2008 e 2015, trabalhei para uma agência de notícias que produziu conteúdo para diversas páginas. Destas, principalmente a da Federação Paulista de Futebol, fazendo serviços de placar ao vivo das mais diversas competições (nacionais e internacionais) e serviços de pós-jogo focados nos clubes de São Paulo Desde 2016 venho trabalhando no Torcedores, onde venho desempenhando uma série de funções dentro do site, como setorista de clubes do futebol brasileiro e de outros esportes (MMA), além de trabalhar em várias partes do organograma da página. Atualmente, exerço trabalho na cobertura de futebol nacional e internacional, com a criação de matérias sobre clubes e jogadores, além de produção de guias de TV (onde assistir aos jogos) das partidas dos mais variados torneios no Brasil e no mundo

Erling Haaland será a contratação de peso para o Manchester City até o momento, com a equipe inglesa dispondo de um grande valor para contratar um dos principais nomes do futebol europeu. Mas a estadia do norueguês na equipe corre o risco de não durar tanto o quanto a torcida deseja.

PUBLICIDADE

É que o contato do atacante com os Citizens tem uma cláusula a ser ativada a partir de 2024 na qual a multa rescisória do jogador será de cerca de 128 milhões de libras. A informação é do jornal inglês Daily Mail e também da publicação alemã Bild.

De acordo com as referidas fontes, a cláusula foi determinada pelo falecido agente de Haaland, Mino Raiola. O empresário, que morreu recentemente, era responsável pela negociação direta do atacante do Borussia Dortmund com os vários interessados em contar com o artilheiro. E indicou a colocação do referido valor para a multa rescisória a ser ativada daqui a dois anos.

PUBLICIDADE

[DUGOUT dugout_id=”eyJrZXkiOiJ5T0s4bTJuVCIsInAiOiJ0b3JjZWRvcmVzIiwicGwiOiIifQ==”]

Apesar de não colocar a presença do atacante no longo prazo no Manchester City de imediato, uma cláusula de multa rescisória em dois anos para o contrato do jogador norueguês pode fazer com que, em pouco tempo, o jogador volte a ser assediado por muitos dos grandes clubes da Europa, especialmente os que se interessaram fortemente em sua contratação, caso do Real Madrid.

Dependendo de como o mercado estiver em 2024, o nome de Haaland teria boas chances de ser alvo de uma possível negociação. O Real tentou investir no atacante para uma ‘dupla dos sonhos’ com Kylian Mbappé, que é cotado para se tornar reforço merengue. Mas com o sucesso de Karim Benzema na temporada e o contrato deste a acabar em 2023, o risco é grande do City ver seu grande investimento atual ir parar em outro time.

Mas de momento, o norueguês será jogador do Manchester City pelas próximas cinco temporadas, de acordo com o que foi estabelecido na contratação deste pelo time inglês, já anunciada ofic

PUBLICIDADE