Torcedores – Notícias Esportivas

Fórmula 1: Sainz questiona fator que pode prejudicar saúde dos pilotos

Piloto da Ferrari, Sainz falou sobre efeito polêmico da nova Fórmula 1 antes do GP da Espanha

Alexander Rodrigues
Redator no @AlemanhaFC, @Torcedorescom, ADM da página @futebolcomamor e torcedor do Feyenoord.

Crédito: Divulgação/Instagram - @carlossainz55

A Fórmula 1 chegou em 2022 com várias novidades que prometiam deixar a categoria mais equilibrada. Novas regras, pistas e uma aerodinâmica totalmente nova dos carros davam a entender que só haveriam coisas boas a se falar da nova fase, porém nem tudo agradou e quem deixou isso claro foi Carlos Sainz Jr. da Ferrari.

Uma das novidades foi a volta da tecnologia do efeito solo nos carros, o que trouxe o chamado efeito porpoising, que faz o carro quicar na reta quando atinge grandes velocidades, o que causa uma forte carga vertical na coluna dos pilotos.

“Como pilotos e na F1, precisamos [questionar] o quanto um piloto deve pagar por suas costas e sua saúde em uma carreira na F1 com esse tipo de conceito de carro.” – disse Sainz em entrevista antes do próximo Grande Prêmio da Espanha de Fórmula 1.

“Precisamos abrir o debate mais do que tudo. Os regulamentos são ótimos e estão fazendo exatamente o que precisávamos para as corridas, mas precisamos correr com o pescoço e as costas tão duros quanto estamos tendo que correr ultimamente com esse carro?” – questionou o piloto da Ferrari, que acredita que os pilotos podem sofrer com isso no futuro.

“Eu não preciso de conselhos de especialistas para saber que 10 anos disso serão difíceis e você precisará trabalhar muito em mobilidade, flexibilidade, e eu precisarei investir na saúde geral do corpo. Para mim, é uma questão filosófica que eu coloco talvez para a F1 e todos repensarem sobre o quanto um piloto precisa pagar um preço em sua carreira com a sua saúde para combater isso.” – afirmou Sainz, que concluiu cobrando uma posição da FIA.

“Chegará a um ponto em que, se decidirmos seguir em uma determinada direção, a FIA precisa se envolver, com certeza.” – finalizou o espanhol da Ferrari que chega ao GP da Espanha na quinta colocação do campeonato.

Fórmula 1 volta nesse fim de semana

Após a vitória do holandês Max Verstappen da Red Bull no último GP de Miami, o circo da Fórmula 1 voltará a se reunir no próximo fim de semana, nos dias 20, 21 e 22, para a disputa do Grande Prêmio da Espanha, que será realizado no Circuito da Catalunha em Barcelona. A largada está marcada para o domingo, às 10h (de Brasília), e terá a transmissão da TV Bandeirantes.

Classificação do mundial de Fórmula 1

1) Charles Leclerc – MON – (Ferrari) – 104 pontos

2) Max Verstappen – HOL – (Red Bull F1) – 85 pontos

3) Sergio Pérez – MEX – (Red Bull F1) – 66 pontos

4) George Russell – GBR – (Mercedes F1) – 59 pontos

5) Carlos Sainz Jr. -ESP – (Ferrari) – 53 pontos

6) Lewis Hamilton – GBR – (Mercedes F1) – 36 pontos

7) Lando Norris – GBR – (McLaren F1) – 35 pontos

8) Valtteri Bottas – FIN – (Alfa Romeo F1) – 30 pontos

9) Esteban Ocon – FRA – (Alpine F1) – 24 pontos

10) Kevin Magnussen – DEN-  (Haas F1) – 15 pontos

11) Daniel Ricciardo – AUS – (McLaren F1) – 11 pontos

12) Yuki Tsunoda – JAP – (AlphaTauri) – 10 pontos

13) Pierre Gasly – FRA – (AlphaTauri) – 6 pontos

14) Sebastian Vettel – ALE – (Aston Martin F1) – 4 pontos

15) Alexander Albon – TAI – (Williams F1) – 3 pontos

16) Fernando Alonso – ESP – (Alpine F1) – 2 pontos

17) Lance Stroll – CAN – (Aston Martin F1) – 2 pontos

18) Zhou Guanyu – CHI – (Alfa Romeo) – 1 ponto

Fique ligado aqui no site Torcedores para saber de tudo sobre o esporte aqui no Brasil e em todo o mundo!