Torcedores – Notícias Esportivas

Mercedes cita facilidade para Verstappen e crê em título da Fórmula 1

O chefe da montadora alemã, Toto Wolff, avaliou que o atual campeão da Fórmula 1, Max Verstappen, tem um carro ainda melhor para guiar e vive momento favorável

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 29 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017). Repórter no site Torcedores.com desde 2018.

Crédito: Divulgação/Mercedes

A Mercedes tem um dos principais pilotos da Fórmula 1 (Lewis Hamilton) e carrega o status de ter sido campeã das últimas oito edições do campeonato de construtores. No entanto, a montadora vive, neste começo de temporada 2022, uma situação bem diferente da que está acostumada.

Após cinco provas, a equipe alemã está um longe na corrida pelo título, tanto no campeonato de pilotos como no de construtores. Apesar do cenário, o chefe Toto Wolff ainda crê que há chances de ser campeão.

“Tivemos apenas cinco corridas. Então você não pode descartar ninguém ainda. O ímpeto pode seguir nosso caminho novamente e em termos de pontos não estamos muito atrás”, afirmou, em entrevista ao site OE24.

Toto Wolff vê facilidade para o atual campeão da Fórmula 1

O chefe da Mercedes também falou sobre Max Verstappen. O piloto holandês venceu as duas últimas corridas (Emília-Romagna e Miami) e conseguiu reduzir a liderança de Charles Leclerc para 19 pontos.

Isso significa que Verstappen pode assumir o primeiro lugar já na próxima corrida: o Grande Prêmio de Barcelona.

Para tanto, é necessário que o atual campeão da Fórmula 1 vença a prova e o adversário monegasco não pontue.

“No ano passado, Max tinha um carro pior do que o atual e conquistou o título. Agora ele tem um carro mais rápido e tudo é mais fácil para ele. O momento está a seu favor agora”, reconheceu Toto Wolff.

Mercedes espera melhorar o carro em breve

Como já destacado, a Mercedes está um pouco atrás na corrida pelo título. Os carros lançados para a atual temporada da Fórmula 1 seguem quicando no momento em que os pilotos da escuderia, Lewis Hamilton e George Russel, aceleram nas pistas.

A expectativa da montadora alemã é que os veículos apresentem melhoras já neste fim de semana, quando serão realizados os treinos livres, a classificação e o Grande Prêmio de Barcelona.

“Continuamos experimentando com a configuração, instalamos alguns novos componentes e isso nos forneceu respostas e indicações de qual direção seguir”, disse Toto Wolff.

“Há muito trabalho árduo nas fábricas para extrair os dados de Miami e transformá-los em melhorias para Barcelona”, acrescentou.

Pista não favorece ultrapassagens

A corrida está marcada para começar às 10h do próximo domingo (22 de maio). O dirigente avaliou que o circuito não é favorável para ultrapassagens.

“Nunca foi uma ótima pista. Então será interessante ver como esses novos carros de F1 de 2022, irão impactar o espetáculo na Espanha”, opinou.

Mercedes quer mais diversidade na Fórmula 1

Toto Wolff também afirmou que a empresa de automobilismo trabalha para aumentar a diversidade na categoria.

De acordo com o dirigente, a Fórmula 1 não será mais inclusiva se tiver apenas um piloto de ponta que venha de classes, raça ou orientação sexual mais desfavorecidas histórica e economicamente.

“O que precisa são modelos e não apenas o piloto de ponta. Obviamente (o piloto) é o maior modelo que a categoria tem, mas precisamos de você (mídia) falando sobre isso. Precisamos mudar. É preciso haver um grupo mais diversificado de pessoas falando sobre a Fórmula 1”, concluiu.