Torcedores – Notícias Esportivas

Na Série B, Náutico reencontra Ituano após 16 anos

Retrospecto é favorável para a equipe pernambucana

Erick Montezano
Colaborador do Torcedores

Crédito: Tiago Caldas / CNC

A partida desta quinta-feira, dia 26, entre os time do Ituano e do Náutico, no estádio Novelli Júnior, no interior de São Paulo, é um reencontro após 16 anos. O último confronto entre as duas equipes aconteceu na Série B de 2006, em um jogo que entrou para a história do time pernambucano ao marcar o retorno do Timbú à elite do Campeonato Brasileiro, após 12 anos.

Ao vencer a equipe do interior paulista pelo placar de 2 a 0, com gols de Felipe e Capixaba, ambos na segunda etapa, o Náutico conquistava o acesso para a Série A com uma rodada de antecedência. Um fato curioso é que nenhum dos atletas que estarão em campo na partida de amanhã eram profissionais em 2006, sendo que alguns eram ainda crianças na época.

Desde então, a equipe pernambucana foi rebaixada para a Série B em 2009, voltou para a elite em 2011, sofreu nova queda em 2013, chegou até a figurar na Série C em 2017, onde subiu como campeão da terceira divisão em 2019 e até o momento segue na Série B.

Já o Ituano, que terminou a Série B daquele ano de 2006 na 10ª posição, foi rebaixado ficando na última colocação no ano seguinte e deu início a uma série de resultados que fizeram com que o clube chegasse a ficar sem divisão nacional e só saindo da Série D em 2019. O retorno à segunda divisão veio somente na temporada passada, com o título da Série C.

Ao todo, Náutico e Ituano tiveram quatro confrontos na história, todos pela Série B. Além da partida do acesso em 2006, o Náutico venceu o duelo contra os paulistas em 2005 e 2004, ambos pelo placar de 1 a 0, nos Aflitos. No único jogo realizado no Novelli Júnior, no primeiro turno de 2006, as equipes empataram em 1 a 1.

Adidas divulga teaser de camisa especial do Náutico

O fornecedor de materiais esportivos publicou, em suas redes sociais, um teaser de uma camisa especial que será lançada do Náutico. O Timbú fará parte da campanha “Futebol é alma” e a expectativa é de que as vendas iniciem no segundo semestre.

O vídeo divulgado pela marca, sem citar o Náutico, mostra imagens de uma camisa vermelha e branca. E também aparecem fotos do início da história do clube na época do Remo e de um lance da partida do hexa do time pernambucano, em 1968, registrado em uma fita cassete. Confira:

A camisa, mesmo sendo uma campanha especial, será usada em algumas partidas. Outros detalhes no que diz respeito ao lançamento e preço serão divulgados Adidas em breve.

Apesar do uniforme especial feito pela Adidas, o Náutico continua com a N6, marca de material esportiva própria, que lançará novos uniformes até o meio do ano.