Torcedores – Notícias Esportivas

Fórmula 1: Vettel cogita deixar a categoria por motivo inusitado

Tetracampeão da Fórmula 1, o alemão Sebastian Vettel admitiu que pode deixar a categoria após o fim da atual temporada, quando encerra o contrato dele com a escuderia Aston Martin

Octávio Almeida Jr
Jornalista graduado pela Universidade da Amazônia (UNAMA), 29 anos.Repórter de campo pela Rádio Unama FM em duas finais de Campeonato Paraense (anos 2016 e 2017). Repórter no site Torcedores.com desde 2018.

Crédito: Divulgação/F1

Tetracampeão da Fórmula 1 (2010, 2011, 2012 e 2013), Sebastian Vettel tem contrato até o fim deste ano com a escuderia Aston Martin. Em entrevista ao canal BBC, o piloto alemão admitiu que pode deixar a categoria após o fim da atual temporada. O motivo? Questões ambientais.

“Há perguntas que me faço todos os dias. Eu não sou um santo. Estou muito preocupado com o futuro, com esses tópicos quando se trata de energia, dependência energética e para onde estamos indo no futuro”, iniciou.

“É algo que estou me perguntando, se devo pilotar e viajar pelo mundo. Há certas coisas que estão sob meu controle e outras que não estão”, acrescentou Vettel.

As declarações do esportista têm relação com os planos da Federação Internacional de Automobilismo (FIA) para o futuro a curto prazo da Fórmula 1.

A ideia é implantar novas unidades de potência a partir de 2026 e utilizar combustíveis de baixo carbono. A expectativa dos organizadores é que o torneio alcance carbono zero líquido até 2030.

“É minha paixão pilotar um carro de Fórmula 1. Eu adoro isso. Toda vez que entro em um carro, eu adoro”, admitiu Vettel.

“Quando saio do carro, é claro que também estou pensando, isso é algo que devemos fazer? Viajar pelo mundo, desperdiçando recursos?”, questionou.

Apesar da angústia, o alemão reconhece que também diverte os fãs quando participa do campeonato de automobilismo.

“Por outro lado, estamos entretendo as pessoas. Durante a pandemia do Covid, fomos um dos primeiros esportes a recomeçar. Quando a cabeça de todos estava prestes a explodir, havia corridas de Fórmula 1 acontecendo”, relatou.

“Não estou dizendo que a F1 tem essa enorme posição no mundo para oferecer entretenimento, mas muitas pessoas perderam isso. Acho que, no geral, se não tivéssemos isso, enlouqueceríamos”, opinou Vettel.

“Há muitas dessas perguntas que eu me faço. Há muitas coisas que faço porque sinto que posso fazê-las melhor”, declarou.

“Preciso pegar um avião todas as vezes? Não, se eu puder pegar um carro. Como eu disse, há certas coisas no meu controle e certas coisas fora do meu controle”, concluiu.

Veja parte da entrevista concedida por Vettel, tetracampeão da Fórmula 1: