Torcedores – Notícias Esportivas

Gabigol, do Flamengo, manda forte recado para o Atlético-MG: ‘No Maracanã vão conhecer o inferno’

Flamengo sai perdendo por 2 a 0, mas consegue diminuir no segundo tempo e irá decidir vaga no Rio de Janeiro

Paulo Foles
Jornalista, amante da escrita e apaixonado por esportes. Falo sobre futebol internacional, nacional e esportes americanos, principalmente NFL e NBA. Santista e apreciador do bom futebol. Twitter: @PaulFoles

Crédito: Alexandre Vidal / Flamengo

Nesta quarta-feira (22), o Flamengo foi novamente derrotado para o Atlético-MG, dessa vez pela Copa do Brasil, por 2 a 1, no Mineirão. Após o jogo, Gabigol deu uma forte declaração sobre o jogo de volta e mandou um recado para o Galo:

“A gente queria vencer, fizemos um bom jogo, tomamos dois gols, mas a gente pressionou bem, fizemos o gol e agora temos no fim de semana e depois vamos pra Libertadores. Quando eles forem lá (no Maracanã), vão conhecer o que é pressão e o que é inferno”, disse Gabigol à TV Globo.

A torcida do Atlético-MG lotou o estádio duas vezes e se comportou como os torcedores em geral costumam agir em dias de clássicos. Pressão e xingamentos foram comuns, inclusive na chegada do ônibus do Flamengo ao estádio. A volta está marcada para o dia 13 de julho e os torcedores do Rubro-Negro prometem retribuir a pressão.

Hulk respondeu Gabigol após as declarações do camisa 9 da equipe carioca e disparou: “Aqui tem jogador experiente, jogador de Seleção, que está acostumado a enfrentar pressão aonde for. Aqui não tem menino”, ressaltou o autor de um dos gols do Atlético-MG.

O Galo saiu vencendo por 2 a 0, gols de Hulk e Ademir. O Flamengo foi atrás do resultado e conseguiu diminuir com Lázaro, resultado que dá confiança para a equipe comandada por Dorival Júnior.

Antes do jogo de volta da Copa do Brasil, o Flamengo tem compromissos importantes: América-MG, Santos e Corinthians pelo Brasileirão Série A, em busca da recuperação na competição, e duas vezes o Tolima pelas oitavas de final da Copa Libertadores da América.

Dorival Júnior acredita em melhora de Gabigol e elogia camisa 9

“O Gabriel, aos poucos, vai encontrando esse caminho. É natural o jogador ficar com uma ansiedade, principalmente um artilheiro como ele, de querer definir a todo o momento e, de repente, a bola não chegando. Agora, com o volume que nós começamos a ter, e isso de quatro jogos, nós tivemos em pelo menos dois deles um bom volume de jogo – disse Dorival”, disse o treinador do Flamengo, que explicou mais:

“Estamos trabalhando muito esse último terço do campo, trabalho de infiltração, trabalho de movimento coordenado entre a saída de um homem e entrada de outros. Daqui a pouco ele volta a encontrar o seu caminho. O Gabriel é um cara que tem faro, é um cara que se posiciona como ninguém, assim como o Pedro. A bola vai chegar, é só termos um pouco mais de paciência que a bola vai chegar”, completou o comandante do Flamengo.