Home Futebol Internacional: Mano Menezes protesta intervalo curto entre dois jogos: “lesão de Gabriel foi por isso”

Internacional: Mano Menezes protesta intervalo curto entre dois jogos: “lesão de Gabriel foi por isso”

Colorado venceu o Santos por 1 a 0 na tarde deste sábado (01) e voltou para a vice-liderança do Brasileirão Série A

Marco Maciel
Sou jornalista, formado pela PUCRS em 2007. Trabalhei na web rádio Voz do Futebol. Também fui redator e assessor de imprensa da ALAP (Associação Latino-Americana de Publicidade). Edito o site SAMBARIO, voltado para sambas-enredo, desde 2004. No canal do YouTube do portal (@sambariosite), entrevistamos mais de uma centena de personalidades do samba e do carnaval nos tempos da pandemia. Entrei no time do Torcedores.com em maio de 2022 e escrevo para o site NasPistas.com desde maio de 2023.

Com um gol de Carlos De Pena aos 23 minutos do primeiro tempo, o Internacional derrotou o Santos por 1 a 0 neste sábado (01), no Beira-Rio, em jogo válido pela 29ª rodada do Brasileirão Série A. Assim, com a derrota do Fluminense por 2 a 0 para o Atlético-MG no mesmo horário, o Colorado retornou à vice-liderança com 53 pontos, sete a menos do que o Palmeiras. O Alviverde jogará nesta segunda (03) contra o Palmeiras, no Engenhão.

PUBLICIDADE

Mesmo que o Internacional tenha conquistado os três pontos, Mano Menezes reclamou, na coletiva pós-jogo, do pouco tempo entre a partida com o Santos e a anterior, no empate de 0 a 0 diante do Red Bull Bragantino, na noite de quarta-feira (28). Ou seja, o intervalo entre o fim de uma jornada e o começo de outra foi de apenas 63 horas. Aliás, Gabriel machucaria o joelho no fim do jogo, algo que o técnico colorado atribuiu à curta pausa imposta aos seus jogadores.

“Tínhamos muita preocupação com o pouco espaço entre os dois jogos, porque o adversário teve um dia a mais de descanso. É bem provável que a lesão do Gabriel tenha sido por causa disso. Acho que não deveríamos estar em campo hoje às três da tarde. Deveria ser equilibrado o critério técnico em relação ao adversário”, protestou Mano Menezes, reforçando que o Santos havia atuado antes. “Se o adversário jogou na terça, tínhamos que ter jogado na terça”, complementou.

PUBLICIDADE

Sobre Gabriel, Mano Menezes acredita que o volante tenha sofrido “no mínimo um entorse de joelho grave”. “A musculatura não teve o descanso adequado”, opinou o técnico do Internacional, que lamentou: “No elenco, não temos alguém com as mesmas característica individuais do Gabriel”.

Mano Menezes enaltece o padrão adquirido pelo Internacional

Sobre a vitória diante do Santos que devolveu ao Internacional a vice-liderança, Mano Menezes creditou ao padrão que a equipe adquiriu, observando que o time tem o terceiro melhor ataque do Brasileirão Série A. “Fez as mesmas coisas que vem fazendo nos outros jogos. Depois do empate no jogo passado. Essa é a nossa característica. O nosso padrão. Nos sustentamos muito em nossa questão coletiva”, avaliou o técnico colorado.

Mano Menezes ainda elogiaria a defesa do Internacional. “No futebol de hoje, se defende muito o espaço. Quando não tivemos a bola, não permitimos a chegada no nosso gol. Keiller não fez quase nenhuma defesa difícil. Isso é uma prova do sistema defensivo que estamos criando”, concluiu.

O Internacional voltará a campo contra o Flamengo nesta quarta (05), no Maracanã, às 21h30 (horário de Brasília), pela 30ª rodada do Brasileirão Série A.