Home Futebol Arsenal: jornal aponta que Arteta “aterrorizou” vestiário após saída de Aubameyang

Arsenal: jornal aponta que Arteta “aterrorizou” vestiário após saída de Aubameyang

Técnico dos Gunners teve conflito com o atacante quando esse ainda atuava pelo clube; jogador foi punido pelo treinador

William Nunes
Formado em produção audiovisual pela PUCRS, cineasta, redator e escritor, roteirista e Youtuber.

No próximo domingo, Arsenal e Chelsea se enfrentarão em partida válida pela Premier League. Essa será o primeiro reencontro entre o Arteta e Aubameyang após a saída do atacante dos Gunners.

PUBLICIDADE

Segundo o jornal “The Sun”, o egípcio Elneny teria afirmado que o conflito entre Arteta e Aubameyang, quando esse ainda atuava no Emirates, foi o momento em que o treinador estabeleceu a sua autoridade. Confira o que o jogador disse:

“Quando Mikel (Arteta) assumiu o posto de capitão de Auba, foi 100% no momento em que ele se estabeleceu. Depois do que ele fez com o capitão do time, todos se olharam e se perguntaram “o que ele vai fazer com os outros jogadores?”. Todo mundo estava com medo de sua posição depois do que aconteceu com Aubameyang. Se um jogador que não é o capitão comete um pequeno erro, ele terá o mesmo problema. E ninguém precisa disso.”, comentou o meio-campista egípcio dos Gunners.

PUBLICIDADE

Aubameyang teve problemas com o técnico do Arsenal

Em sua fala, Elneny esclareceu uma parte do que acabou gerando o conflito de Arteta com Aubameyang e a consequente liberação do atleta por indisciplina.

“Isso nos mostrou que não podemos brincar, a partir de agora temos que ter calma e ficar juntos como equipe, não fazer algo diferente. Todos concordamos com o que Mikel decidiu porque ele é nosso chefe e temos que apoiar sua visão para o clube. Agora não permitimos grandes egos no vestiário. Todos se amam e trabalham uns pelos outros. Isso é o que torna nosso elenco realmente forte, porque não temos egos no time.”, acrescentou o volante do Arsenal.

O meio-campista ainda foi adiante e falou sobre a influência de Arteta no comando dos Gunners:

“Agora temos coisas para fazer todos os dias. Sabemos que temos um bom time com uma boa equipe de comando e Mikel nos faz sentir que somos realmente fortes. E todos nós acreditamos que podemos fazer algo realmente especial nesta temporada. O Arsenal é um grande clube e sabemos que precisamos colocá-lo no lugar que merece. É para isso que todos nós jogamos.”, comentou o meio-campista.

PUBLICIDADE

Por fim, o jogador do Arsenal comentou sobre o enfrentamento com Aubameyang e como será ter o ex-colega pela frente:

“Aubameyang era um dos nossos jogadores e decidiu ir para um time diferente. Agora só nos concentramos em nós mesmos e procuramos vencer o jogo no domingo.”, concluiu o atleta.