Home Futebol Corinthians é condenado a pagar dívida antiga com Mauro Boselli e pode sofrer transfer ban

Corinthians é condenado a pagar dívida antiga com Mauro Boselli e pode sofrer transfer ban

Atacante defendeu o Timão entre 2019 e 2020 e não conseguiu se destacar

Rafael Alaby
Rafael Alaby é jornalista diplomado pela FIAM (Faculdades Integradas Alcântara Machado), com passagens pela Chefia de Reportagem de Esportes, da TV Bandeirantes, em São Paulo e site KiGOL. Pós-graduado em Jornalismo Esportivo e Negócios do Esporte (FMU)

Não bastassem as recentes derrotas dentro de campo, o Corinthians sofreu um importante revés fora dele. O Timão teve recurso negado na Corte Arbitral do Esporte (CAS) e vai ter que pagar uma dívida antiga com o atacante Boselli, referentes a salários atrasados.

PUBLICIDADE

Vale lembrar que em 2021, a Fifa havia determinado o Timão a pagar em US$ 1,1 milhão (cerca de R$ 5,6 milhões na cotação atual). Entretanto, o clube recorreu à instância superior.

Segundo informado pelo jornalista César Luis Merlo, do TYC Sports, o Timão terá 45 dias para quitar a dívida com o atacante, que atualmente defende o Estudiantes-ARG. Se até lá não efetuar o pagamento, o clube sofrerá transfer ban da Fifa e assim será impedido de contratar jogadores durante três janelas.

PUBLICIDADE

“O TAS decidiu contra o Corinthians e condenou o clube a pagar Mauro Boselli por uma dívida antiga que tinham com ele. Caso não quitem em 45 dias, há proibição de transferências por três períodos de passes. O clube não tem mais instâncias para recorrer”, escreveu o jornalista César Luis Merlo no Twitter.

Pelo Corinthians, Boselli entrou em campo em 72 oportunidades e fez 17 gols. O argentino fez parte da campanha do título do Paulistão 2019, justamente a última conquista do Timão.