Home Mercado da Bola Dirigente do Grêmio rebate especulações de que Nathan tenha se recusado a deixar o Atlético-MG

Dirigente do Grêmio rebate especulações de que Nathan tenha se recusado a deixar o Atlético-MG

Fora dos planos do técnico Eduardo Coudet, Nathan deixará o Atlético-MG em definitivo; jogador assinará contratado até dezembro de 2026

Wilson Pimentel
Jornalista esportivo desde 1998. Cobriu os principais eventos esportivos da última década. Passou pelas redações do SBT, Record TV, CNT, Esporte Interativo, Rádio Tupi, Rádio Brasil e Rádio Manchete. É correspondente de veículos de comunicação da Colômbia, Croácia, Paraguai e Portugal. Está no Torcedores.com desde 2019.

Antes de mais nada, o meia Nathan é o novo reforço do Grêmio. O anúncio será feito nos próximos dias. No entanto, a negociação arrastada deu margem para especulações sobre o futuro do atleta. Nas redes sociais, surgiu a informação de que o jogador teria se recusado a deixar o Atlético-MG.

PUBLICIDADE

O fato foi negado com veemência pelo vice-presidente de futebol do Grêmio, Paulo Caleffi, que conduziu as negociações com o estafe do atleta. Ele revelou que conversou pessoalmente com Nathan que desde o início nunca escondeu o desejo de vestir a camisa tricolor.

“Primeiro que essa situação jamais existiu. Eu estive em Santa Catarina pessoalmente conversando com José Carlos de Souza, pai e empresário do Nathan, que estava na torcida para o filho vir jogar no Grêmio”, revelou o dirigente em entrevista à “Rádio Imortal”.

PUBLICIDADE

Paulo Caleffi explicou que Nathan ainda não foi apresentado por causa de questões burocráticas. O meio-campista só assinará contrato após realizar exames médicos e testes físico. Após superar essa fase, ele assinará contrato com o clube.

“O torcedor sempre fica ansioso para que o anúncio venha o quanto antes, mas não é assim como a negociação funciona. Nós tínhamos tratativas com o Atlético e uma série de alinhamentos precisam ser feitos com calma”, explicou.

Chegada de Nathan encerra ciclo de contratações

Após acertar com o ex-jogador de Atlético-MG e Fluminense, Paulo Caleffi deixou claro que o clube encerrou o ciclo de contratações. Isso porque, o dirigente tricolor entende que o técnico Renato Portauppi tem um elenco capaz de brigar pelo título do Campeonato Brasileiro.

“Nesse momento as negociações estão encerradas. Agora, nós vamos fazer as análises necessárias para avaliar a possibilidade de realizarmos mais algum movimento de contratação lembrando sempre que não podemos esquecer do momento financeiro do Grêmio”, finalizou.

PUBLICIDADE

Fora dos planos do técnico Eduardo Coudet, Nathan deixará o Atlético-MG em definitivo. A princípio, o Grêmio irá adquirir 50% dos direitos econômicos. A outra “fatia” seguirá com o clube mineiro visando lucrar com uma negociação futura.

Nathan assinará contrato dele com o Grêmio pelo período de três temporadas, ou seja, até dezembro de 2026. Vale lembrar que o jogador de 27 anos poderá vestir a camisa tricolor na Copa do Brasil e na Série A do Campeonato Brasileiro.