Home Vôlei Wallace joga a final da Superliga de vôlei e COB aumenta punição do atleta

Wallace joga a final da Superliga de vôlei e COB aumenta punição do atleta

Wallace joga partida em que o Cruzeiro conquistou o título

Carlos Lemes Jr
Olá! Sou Carlos Lemes Jr e sou Jornalista formado, desde 2012, e no Torcedores, desde 2015. Matérias exclusivas pelo site publicadas nos portais IG, MSN e UOL. Escrevo sobre: futebol, mídia esportiva, tênis e basquete. Acredito que o esporte seja uma ótima ferramenta de inclusão, pois, sou cadeirante. Então, creio que uma das minhas "missões" aqui no Torcedores seja cobrir esporte paralímpico. Hobbies: ler, escrever e escutar música.

O Cruzeiro conquistou no último domingo, 30 de abril, mais um título da Superliga masculina de vôlei. Mas para o atacante Wallace, a comemoração durou pouco.

PUBLICIDADE

O COB, por meio de seu conselho de ética, resolveu aumentar a punição de Wallace de 90 dias para cinco anos. A decisão saiu neste 2 de maio.

Tudo porque, o jogador de 35 anos entrou em quadra, na final, realizada em São José dos Campos. Na ocasião, a Raposa venceu o Minas por três sets a zero.

PUBLICIDADE

Wallace, já tinha uma liminar que o autorizava a jogar na série semifinal, mas por precaução, a equipe não utilizou o atacante.

COB também suspende CBV por seis meses

Além da suspenção ao atleta, o COB determinou a suspensão da CBV por seis meses. Isso, significa que a Confederação de vôlei fica impedida de receber qualquer apoio do Comitê Olímpico, além de ter o repasse de verbas bloqueado, por igual período.

Por fim, segundo informações do blog Olhar Olímpico do UOL, o Comitê Olímpico Brasileiro pediu, via Ministério do Esporte, o corte do patrocínio do Banco do Brasil para a CBV.

PUBLICIDADE

O Torcedores.com, entrou em contato com a assessoria de imprensa da CBV, atrás de alguma manifestação. Se houver, esse texto será atualizado.

Relembre o caso

No último mês de janeiro, em seu Instagram pessoal, Wallace fez uma caixa de perguntas em um clube de tiro. Na ocasião, ele perguntou, aos seus seguidores, em quem eles dariam um tiro. E uma das respostas foi no presidente Lula (PT) ao que o jogado do Cruzeiro reagiu com emoji de palmas.

No dia seguinte, ele foi orientado pela Sada, principal patrocinadora do time, a gravar um pedido de desculpas, o que foi feito.