Home Mercado da Bola Pochettino abre o jogo sobre possível renovação de Thiago Silva no Chelsea

Pochettino abre o jogo sobre possível renovação de Thiago Silva no Chelsea

Treinador dos blues revelou incerteza sobre o futuro do zagueiro, que tem contrato com o clube até junho deste ano; saiba mais

William Nunes
Formado em produção audiovisual pela PUCRS, cineasta, redator e escritor, roteirista e Youtuber.
Thiago Silva comemora gol pelo Chelsea

Thiago Silva comemora gol pelo Chelsea (Reprodução/X/Chelsea)

Na altura de seus 39 anos, o zagueiro Thiago Silva segue vivendo uma fase espetacular de sua carreira, sendo um dos pilares do Chelsea de Mauricio Pochettino.

PUBLICIDADE

O veterano tem contrato com os blues até junho deste ano e, diante disso, o assunto sobre o seu futuro volta a estar no centro das atenções. No final da temporada passada, o zagueiro chegou a estar muito próximo de fazer o seu retorno para o Fluminense, visando encerrar sua carreira, contudo, acabou definindo sua renovação com o Chelsea.

Faltando quatro meses para o final do seu contrato vigente com o Chelsea, não há nada definido sobre a questão Thiago Silva. Nesta semana, quando perguntado sobre o assunto, o treinador Mauricio Pochettino falou sobre a questão, passando a responsabilidade da decisão para o zagueiro:

PUBLICIDADE

“Não falamos sobre a próxima temporada. Essa pergunta é mais para ele do que para mim. Para ele, é para manter a forma. Com a idade dele, ele está fantástico. Estamos muito felizes com ele. Então o futuro é dele e do clube”, comentou o treinador do Chelsea.

Thiago Silva deu entrevista enigmática sobre seu futuro no Chelsea

Após a vitória sobre o Middlesbrough, na terça-feira, o veterano falou para os repórteres após a partida, comentando sobre o carinho da torcida do Chelsea e, também deixando uma mensagem no mínimo suspeita sobre o tempo que ainda lhe resta nos blues:

“Motivo de grande orgulho (carinho da torcida). Em tão pouco tempo consegui conquistá-los de uma forma tão apaixonante. Fico feliz, toda vez que jogo aqui (Stamford Bridge) é uma emoção diferente, especial. A cada partida que se encerra, tenho a sensação de que está acabando. Isso me deixa um pouco triste, mas feliz com o rendimento dentro de campo”, falou ele.