Home Futebol Costa do Marfim vira para cima da Nigéria e conquista a Copa Africana de Nações

Costa do Marfim vira para cima da Nigéria e conquista a Copa Africana de Nações

Marfinenses vão buscar o resultado após os nigerianos saírem em vantagem no segundo tempo e ficam com o título do torneio de seleções da África

Daniel Linhares
Daniel Linhares é um dos editores do Torcedores.com. Com passe negociado junto à equipe ao final da temporada 2022, segue acumulando experiência e contribuindo para o time conquistar taças. Sempre atento aos assuntos futebolísitcos e os desdobramentos que vão além das quatro linhas.
Nigéria x Costa do Marfim na Copa Africana de Nações

Sébastian Haller tenta o gol pela Costa do Marfim contra a Nigéria na final da Copa Africana de Nações. (Créditos: Divulgação / Confederation of African Football)

PUBLICIDADE

A Costa do Marfim é a campeã da Copa Africana de Nações! A seleção marfinense bateu a Nigéria de virada, por 2 a 1, e ficou com a taça. Os nigerianos fizeram com Troost-Ekong no primeiro tempo, enquanto Franck Kessié e Sébastian Haller conseguiram a ‘remontada’.

Costa do Marfim e Nigéria já havia se enfrentado nesta edição da Copa Africana de Nações. Pela fase de grupos, os nigerianos levaram a melhor e os marfinenses tiveram que ir para a repescagem. Desta vez, com muita emoção, os Elefantes conseguiram sua ‘revanche’ e com grande estilo.

Costa do Marfim abusa de superação para ser campeã da Copa Africana de Nações contra a Nigéria

Os marfinenses não tiveram a tranquilidade no torneio que gostariam. Enfrentando crise, a seleção anfitriã foi para o duelo contra os nigerianos buscando deixar os problemas para trás e ter uma revanche diante da Nigéria, que havia vencido na fase de grupos.

A situação dos Elefantes ficou ainda pior quando Troost-Ekong abriu o placar para as Super Águias. Aos 37 minutos, a Nigéria cobrou escanteio e a zaga marfinense tentou cortar. A bola chegou para o zagueiro pegar a sobre e inaugurar o marcador.

Os problemas da Costa do Marfim, com técnico interino no jogo, perdendo a partida e pressionada pela atuações poderiam colocar uma pá de cal na final da Copa Africana de Nações. Porém, o jogo foi por outro caminho.

No segundo tempo, aos 16 minutos, Franck Kessié apareceu livre no segundo pau em cobrança de escateio e testou firme. O goleiro da Nigéria, Nwabali, tentou mas não evitou o empate.

PUBLICIDADE

O gol da Costa do Marfim animou os mandantes e não demorou para a virada se tornar realidade. Sébatstian Haller, que enfrentou luta contra o câncer recentemente, se antecipou a Troost-Ekong e desviou o passe feito por Adingra, aos 35 minutos. Foi o gol da virada marfinense!

A Nigéria não teve muita força para assustar a Costa do Marfim, que conseguiu segurar o placar e sagrar-se campeã da Copa Africana de Nações após uma campanha cheia de emoção.