Home Extracampo Daniel Alves é retirado da lista de lendas do Barcelona após condenação

Daniel Alves é retirado da lista de lendas do Barcelona após condenação

Após condenação, clube culé eliminou o lateral-esquerdo da lista de ídolos do clube

Beatriz Ojeda
Ex-atleta, formada em Letras e apaixonada por esportes desde sempre. Colaboradora do Torcedores por ser o melhor lugar para aliar as duas grandes paixões.
Daniel Alves nos tempos de Barcelona em 2022

Daniel Alves nos tempos de Barcelona em 2022- (David Ramos/Getty Images)

Daniel Alves foi condenado pela Justiça da Espanha a 4 anos e 6 meses de reclusão. O jogador foi acusado de caso de estupro e culpado após investigação. Na sua saída do Barcelona, o time o considerou uma lenda do clube pelos seus anos vestindo a camiseta do time espanhol. Porém, a sua condenação retirou as honras recebidas pelo time.

PUBLICIDADE

Daniel Alves retirado das lendas do Barcelona

Segundo informações do Portal UOL, os bastidores do time culé já debatiam a remoção do salão de lendas desde janeiro de 2023. Na época, o lateral-esquerdo estava preso apenas como suspeito do crime e de forma preventiva após ser acusado de uma agressão sexual em uma balada em Barcelona. Entretanto, na quinta-feira (22), o clube retirou oficialmente Daniel Alves das lendas do clube.

A decisão surge após o julgamento e aconteceu horas após o anúncio de condenação pelo Tribunal Superior de Justiça da Catalunha. O jogador brasileiro não aparece mais no site, mas no museu oficial do clube, localizado no Camp Nou, os torcedores pediram para que não existam mais fotos ou imagens relacionadas ao atleta.

PUBLICIDADE

Em questionamento, Jordi Penas, diretor do Museu do Barcelona, afirmou: “O museu não tinha nenhuma referência individual a ele: nenhuma camiseta, chuteira ou foto em que ele aparecesse sozinho. Por isso, não foi necessário ter esse debate, se seria necessário mudar alguma coisa”.  Porém, o mandatário disse que, como coletivo, as imagens do atleta não serão removidas e explicou: “Ele continuará aparecendo nas fotos do time campeão da Champions League de Berlim (2015), por exemplo. Porque ele era parte da equipe e não faz sentido e nem é possível, retirá-lo da foto”.

No Brasil, Daniel Alves havia sido homenageado na sua cidade natal, em Juazeiro. A estátua presente no local teve sua cabeça cortada por moradores locais. Já o Museu do Bahia também retirou as imagens do jogador.