Home Futebol Liverpool registra prejuízo financeiro para a temporada 2022/2023

Liverpool registra prejuízo financeiro para a temporada 2022/2023

Balanço divulgado pelos Reds, um dos representantes da Premier League, indicou um déficit de nove milhões de libras

Renato Roschel
Editor-chefe do Torcedores.com. Há mais de 30 anos com trabalhos nas áreas de jornalismo e produção de conteúdo. Já colaborou para jornais como Folha de S. Paulo e Valor Econômico. Foi correspondente da Rádio Eldorado em Londres, editor da Revista Osesp e é tradutor, revisor, organizador e autor de diversos livros, entre eles, Literatura Livre: ensaios sobre ficções que formaram o Brasil, obra publicada pelo Sesc em 2022.
Liverpool

Liverpool teve prejuízo na temporada 2022/23 (IMAGO / PA Images)

Informações sobre o relatório financeiro do Liverpool foram veiculadas nesta quinta-feira (29) pelo jornal britânico The Guardian. As receitas comerciais do clube atingiram um nível recorde de 272 milhões de libras (aproximadamente R$ 1,7 bilhão). Porém, o relatório financeiro do clube traz preocupações

PUBLICIDADE

Os Reds, atualmente em acirrada disputa pelo título da Premier League com o Manchester City, enfrentam uma situação delicada fora de campo, conforme revelado pela imprensa inglesa.

De acordo com o The Guardian, houve uma redução nas receitas provenientes de transmissões televisivas e dias de jogos, caindo 19 milhões de libras em comparação com as temporadas anteriores, totalizando 242 milhões de libras.

PUBLICIDADE

Por outro lado, segundo o site Goal, é notório que as receitas comerciais do clube alcançaram um valor sem precedentes de 272 milhões (um aumento de 25 milhões em relação ao ano anterior), impulsionadas por uma turnê na Tailândia e em Singapura, acordos de patrocínio, vendas recordes de merchandising e a abertura de sete novas lojas do clube em toda a Ásia.

Nesse ínterim, o endividamento bancário do Liverpool aumentou em 49 milhões de libras (aproximadamente R$ 300 milhões), atingindo um total de 123 milhões de libras (aproximadamente R$ 770 milhões), em virtude das obras para a nova arquibancada no setor Anfield Road.