Home Outros Esportes NFL: dois menores são detidos após tiroteio em evento de comemoração do Super Bowl dos Chiefs

NFL: dois menores são detidos após tiroteio em evento de comemoração do Super Bowl dos Chiefs

Detenção de dois menores relacionada a armas e resistência à prisão durante parada do Super Bowl

Luís Martinelli
Colaborador de esportes americanos do Torcedores.com. Jornalista formado pela Unilago (União das Faculdades dos Grandes Lagos) de São José do Rio Preto - SP.
Dois menores foram acusados de participarem do tiroteio durante a comemoração do Super Bowl dos Chiefs

Dois menores foram detidos por acusações relacionadas a armas e resistência à prisão durante a parada do Super Bowl dos Chiefs. (Reprodução)

Dois menores foram acusados de crimes relacionados ao tiroteio em massa durante a parada do Super Bowl do Kansas City Chiefs, ocorrida na última quarta-feira (14), informaram autoridades nesta sexta-feira (16).

PUBLICIDADE

Segundo um comunicado de imprensa do Tribunal da Família do Condado de Jackson, os menores foram acusados na quinta-feira (15) e estão detidos no Centro de Detenção Juvenil do condado por “acusações relacionadas a armas e resistência à prisão”. A nota declara que “é esperado que acusações adicionais sejam feitas no futuro, à medida que a investigação do Departamento de Polícia de Kansas City continue”.

Inicialmente, a polícia deteve três jovens, mas libertou um após determinar que não estava envolvido no tiroteio. As autoridades estão procurando por outros que estejam envolvidos e pedem a colaboração de testemunhas, vítimas e pessoas com vídeos de celular da violência liguem em uma linha direta dedicada.

PUBLICIDADE

Enquanto as investigações prosseguem, a população de Kansas City busca apoio em reuniões religiosas, vigílias e aconselhamento para tentar lidar com o horror do que aconteceu.

Uma mãe e popular DJ morreu durante o tiroteio de quarta-feira, enquanto a parada e o comício estavam sendo concluídos. Outras 22 pessoas — mais da metade delas crianças — estão feridas. Até esta sexta-feira, duas pessoas continuavam em condição crítica e uma em condição grave. A maioria das crianças feridas recebeu alta do hospital e espera-se que elas se recuperem.