Home Futebol PVC detona declarações de Tite em defesa de Daniel Alves: “Muito mal”

PVC detona declarações de Tite em defesa de Daniel Alves: “Muito mal”

Comentarista esportivo detonou declarações do técnico do Flamengo na tentativa de defender ex- lateral-direito

Beatriz Ojeda
Ex-atleta, formada em Letras e apaixonada por esportes desde sempre. Colaboradora do Torcedores por ser o melhor lugar para aliar as duas grandes paixões.
Tite gesticula para Dani Alves durante a final da Copa América Brasil 2019 entre Brasil e Peru.

Tite gesticula para Dani Alves durante a final da Copa América Brasil 2019 entre Brasil e Peru. (Wagner Meier/Getty Images)

Após a vitória por 2 a 0 do Flamengo contra o Fluminense, o técnico Tite proporcionou a tradicional entrevista coletiva. A imprensa o questionou sobre qual seria sua postura como treinador após ver um dos seus selecionados da época da seleção brasileira preso por acusação de estupro. Na tentativa de não se envolver com o assunto, o comandante acabou dando declarações que parecem defender Daniel Alves, recebendo críticas da mídia esportiva e dos torcedores, incluindo PVC.

PUBLICIDADE

PVC detona Tite por declarações defendendo Daniel Alves

Em entrevista coletiva, o treinador do Flamengo disse que, apesar de não ter todos os fatos sobre o julgamento de Daniel Alves “conceitualmente todo erro deve ser punido”. Entretanto, se eximiu e disse que não tinha todos os fatos e destacou que, o lateral-direito trabalhou com ele durante um período esportivo, mas que atualmente se encontram em etapas diferentes.

A declaração não foi bem recebida pela mídia esportiva, que analisou a declaração do treinador, do programa De Primeira do UOL Esporte. Parte da problemática da declaração de Tite também é o fato do treinador fazer uma ponte com uma acusação de estupro de Neymar, onde o atacante foi inocentado. Logo, deu a entender que, provavelmente, estaria em defesa do lateral. Porém, no caso de Daniel Alves, o ex-Barcelona foi punido pela Justiça Espanhola ao cumprimento de quatro anos e meio de reclusão, após as provas o considerarem culpado.

PUBLICIDADE

Em análise, PVC relembrou que Neymar teve um processo completamente diferente, onde foi acusado, o processo andou e não virou processo, portanto, acabou sendo arquivado. E disse: “O Tite foi muito mal na resposta. Foi muito mal! Talvez por tentar se defender de uma coisa da qual não precisava se defender”. Para o comentarista, não havia necessidade de justificar o seu trabalho com o lateral anteriormente, pois naquela época, não havia sido condenado por um Tribunal como culpado de um crime de honra.