Home Futebol Benja ratifica melhor técnico do futebol brasileiro: “Momento é dele”

Benja ratifica melhor técnico do futebol brasileiro: “Momento é dele”

Comentarista foi desafiado a opinar sobre o melhor entre dupla listada pelo apresentador e não ficou “em cima do muro”

Cido Vieira
Jornalista graduado no Centro Universitário Uninter. Trabalho no Torcedores.com desde 2017, desempenhando a função de redator. Sou setorista do futebol pernambucano em rádios locais e um verdadeiro apaixonado pelo esporte bretão.
Benja, comentarista e apresentador da CNN Brasil

Benja durante programa "Domingol" (Reprodução - YouTube - CNN Brasil)

Presente no evento Super Fut Summit 2024, o jornalista Benjamin Back, o Benja, apontou Abel Ferreira como o melhor comandante do futebol brasileiro, superando Adenor Bacchi, o Tite, do Flamengo. Ao ser questionado sobre quem é melhor, o profissional da CNN Brasil disse que a fase do português é superior em relação ao ex-comandante da seleção brasileira.

PUBLICIDADE

Na oportunidade, o comentarista citou a postura do treinador no duelo decisivo do Palmeiras na última temporada do Brasileirão contra o Botafogo, onde o time foi buscar um 4 a 3 depois de tomar um “chocolate” na etapa inicial.

“O jogo do Botafogo foi emblemático. O cara estava tomando 3 a 0 no primeiro tempo, com o Botafogo atropelando, poderia ter feito seis no primeiro tempo. O Abel veio para o segundo tempo sem fazer uma alteração. Ele mudou posicionamento dos jogadores. O Palmeiras foi campeão naquele jogo”, relembrou Benja, cravando o técnico do Palmeiras em vantagem no páreo com Tite no cenário atual.

PUBLICIDADE

“Eu acho que o momento hoje, nós estamos em 2024, o momento hoje é do Abel Ferreira”, avaliou o comentarista.

Benja fala sobre ida de Tite ao Flamengo

Torcedor declarado do Corinthians, Benja foi indagado se ficou incomodado com o acerto de Tite com o Flamengo, selado na reta final da última temporada, e rechaçou este cenário, revelando ainda torcer para o comandante técnico conquistar títulos no novo clube. Tite declinou de diversos convites de retornar ao clube de Parque São Jorge, onde foi amplamente vitorioso.

“Não se senti traído quando o Tite foi para o Flamengo. Liguei pra ele, desejei sucesso. Agora, se eu fosse o Tite eu não teria voltado para o Corinthians. O Andrés ficou chateado, o torcedor também, mas eu vejo o futebol de outra forma, tinha dinheiro”, pontuou Benja.

“Qual treinador não quer receber uma proposta do Flamengo, tem tudo nas mãos. Pra mim, o Tite não é traidor, pelo contrário, torço muito para que ele ganhe títulos no Flamengo”

PUBLICIDADE