Home Futebol Torcedores de Atlético-MG e Cruzeiro entram em confronto que termina em morte

Torcedores de Atlético-MG e Cruzeiro entram em confronto que termina em morte

Um homem foi morto e outras três vítimas foram baleadas; briga aconteceu na Avenida Tereza Cristina, em Belo Horizonte

Leonardo Siqueira
Meu nome é Leonardo Siqueira, sou estudante de Jornalismo na Uerj e apaixonado por esportes e pelo jornalismo esportivo. Trabalho como redator e participo de transmissões esportivas. Escrevo matérias sobre os mais diversos assuntos de esporte, com ênfase no futebol. Atuo como repórter e comentarista em transmissões radiofônicas no projeto "Escola de Narradores" da Uerj. Recentemente, comecei a desenvolver um podcast chamado "Jogo Sujo". Um podcast narrativo no qual tratamos sobre casos de corrupção esportiva. Gosto de escrever sobre esportes, comentar, assistir e até praticar. Em meus textos, tento levar a informação ao público da forma mais atrativa e acessível ao público. Sempre com o compromisso com a verdade dos fatos. Aqui estão alguns exemplos do meu trabalho: - Reportagem sobre transmissões esportivas por streaming: https://leduerj2023.wixsite.com/led-uerj/post/e-o-jogo-de-hoje-onde-vai-ser-a-nova-era-das-transmiss%C3%B5es-do-futebol-no-brasil - Podcast "Jogo Sujo": https://open.spotify.com/episode/3zjUBZ9ToZhSrrKFPMUUES?si=sWUERR6GS2aj8zKIjqeYKw - Transmissão de Croácia x Marrocos, disputa do 3º lugar da Copa do Mundo de 2022, pelo projeto Escola de Narradores da Uerj: https://www.youtube.com/live/pc4UtorNFZA?si=6hMtPjF_5zmzAGuZ Meus hobbies são: assistir futebol, séries e leituras esportivas. Obrigado pela visita! Espero que tenha gostado de me conhecer um pouquinho melhor!
Torcedores do Atlético-MG na Arena MRV no Campeonato Mineiro

Torcedores das organizadas de Atlético-MG e Cruzeiro entraram em confronto antes da rodada no Campeonato Mineiro. (Créditos: Pedro Souza/ Atlético)

Um homem foi morto em um confronto entre membros de torcidas organizadas do Atlético-MG e Cruzeiro, neste sábado (2), na Avenida Tereza Cristina, na Região do Barreiro, em Belo Horizonte. Cruzeirense de 28 anos, Lucas Elias Vieira foi encaminhado para o Hospital Santa Rita, mas não resistiu.

PUBLICIDADE

Segundo o jornal “O Dia”, a Polícia Militar de Minas Gerais informou que outras três pessoas foram baleadas e uma sofreu uma pancada na cabeça. Dois suspeitos foram presos e uma arma de fogo foi apreendida.

As torcidas se encontraram enquanto iam para os jogos, que foram realizados neste sábado, no mesmo horário, e entraram em confronto.

PUBLICIDADE

O Atlético-MG recebeu o Ipatinga, na Arena MRV, na região Noroeste de Belo Horizonte, e o Cruzeiro enfrentou o Uberlândia, no Mineirão, localizado na região da Pampulha. Os dois jogos foram disputados às 16h30 (de Brasília), pela oitava rodada do Campeonato Mineiro.

Em entrevista coletiva após o duelo contra o Ipatinga, Felipão foi questionado sobre o tema e criticou a violência no futebol: “As torcidas devem se respeitar e não ter ódio uma pela outra. Não é uma guerra entre A ou B. É um jogo de futebol. Acabou. Não tenho mais nada para falar sobre isso. Não sei o que aconteceu realmente, ainda vou pesquisar, mas é um jogo de futebol, gente. Pelo amor de Deus! Quem é que vai brigar ou se matar por causa de um jogo de futebol? É ridículo”, respondeu o treinador.

Clássico entre Galo e Cruzeiro voltou a ter torcida única em 2024

Na terceira rodada do Campeonato Mineiro, Atlético-MG e Cruzeiro protagonizaram algo que não acontecia desde 2015 em Minas Gerais: um clássico com torcida única.

A decisão foi uma escolha dos clubes, que chegaram a um acordo para que o confronto não tenha torcida visitante até o fim de 2025.

PUBLICIDADE

Em São Paulo, por exemplo, os clássicos são disputados com apenas uma torcida desde 2016, quando casos repetitivos de violência levaram o poder público a proibir torcedores visitantes nos jogos entre Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos. A decisão depois foi estendida para os confrontos entre Guarani e Ponte Preta.

Em fevereiro de 2024, porém, torcedores de Palmeiras e São tiveram a oportunidade de assistir ao clássico juntos no estádio pela primeira vez em oito anos. O jogo em questão foi válido pela decisão da Supercopa do Brasil, disputado no Mineirão, em Belo Horizonte, o estado onde os principais clubes locais optaram por torcida única em seus clássicos.